Divulgação

Codevale promove seu primeiro pregão eletrônico em Ivinhema

O Codevale (Consórcio Público de Desenvolvimento do Vale do Ivinhema) promoveu na última quinta-feira (6), na cidade de Ivinhema (MS), o primeiro Leilão Eletrônico em Mato Grosso do Sul.

De acordo com o presidente do Consórcio e prefeito de Ivinhema, Éder Uilson França Lima, o Tuta, o certame foi realizado para aquisição de medicamento para prevenção e tratamento da pandemia Covid-19 (novo coronavírus), para o exercício de 2020.

Além de comemorar mais um feito importante do Codevale diante da crise agravada pela pandemia não apenas em âmbito estadual, mas em todo o mundo, Tuta destaca que a compra dos medicamentos é estratégica e essencial para suporte às ações das secretarias municipais de saúde pertencentes ao Consórcio, cuja falta pode significar em agravamento e complicações, afetando a qualidade de vida das  pessoas, e a credibilidade dos serviços farmacêuticos e do SUS (Sistema Único de Saúde).

Com o apoio da equipe de licitação da prefeitura de Ivinhema, o Codevale realizou licitação para compra de 105 mil comprimidos de Azitromicina e 79.200 comprimidos Ivermectina, que possuíam o custo inicial de R$ 591.714,00.

Após o processo licitatório, esses medicamentos foram comprados por R$ 393.690,00, gerando uma economia para os cofres públicos dos municípios consorciados de 33,4662%. 

A diretora-executiva Daniele Cabriotti diz que ações como essas, desenvolvidas em parceria com os secretários municipais de Saúde,  valorizam o trabalho desenvolvido de forma consorciada, possibilitando o fortalecimento dos municípios, a redução dos custos dos medicamentos e demonstrando transparência a sociedade.

O Codevale é constituído pelos municípios de Anaurilândia, Angélica, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Glória de Dourados, Ivinhema, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Santa Rita do Pardo e Taquarussu.

Ascom

Comentários