Artigo

Gratidão: O que essa palavra representa para você?

 

07/01/2020 15h47
Por: Redação

 
Divulgação Divulgação

Ontem, dia 6 de janeiro, foi celebrado o Dia da Gratidão, palavra que nos últimos tempos tem estampado inúmeras postagens nas redes sociais e temos ouvido de muitas pessoas também. Mas, afinal, o que é gratidão para você?

Há quem diga que nessa data, dedicada ao agradecimento, devemos expressar gratidão por tudo o que temos, por aquilo que nos acontece de bom e pelos desafios com os quais nos deparamos durante a jornada da vida.

Quem carrega esse sentimento no peito afirma que agradecer é um exercício que traz muitos benefícios, pois desperta sensações e atitudes positivas e, no fim, quem o sente é muito mais agraciado do que quem recebe o agradecimento.

Sebastião Carlos Teixeira, aposentado de 69 anos, é uma dessas pessoas. Depois de passar junto à sua família por uma experiência que de certa forma lhes causou muita dor, conseguiu, ainda assim, enxergar com gratidão todo o cuidado dispensado à sua esposa, Teresa Cristina, que foi assistida de janeiro a agosto de 2019 pela Rede do Abraço, da Unimed Campo Grande, quando veio a falecer por problemas de saúde.

"Eu e minha filha somos extremamente gratos pelo carinho que os profissionais da ‘Unimed em Casa’ dispensaram à minha esposa durante os oito meses que ela esteve acamada. Muito mais do que um trabalho bem realizado, foi um trabalho bem desenvolvido com amor e dedicação. Com certeza esse foi o diferencial da equipe que cuidou dela", descreve.

Com serenidade, o aposentado diz o que a palavra gratidão significa para ele. "GRATIDÃO é quando a alma diz obrigado. Pessoas gratas atraem coisas boas. A palavra de ordem para 2020 é empatia, mas na minha opinião, gratidão também deveria ser. O mundo precisa de seres humanos gratos e empáticos", enfatiza.

A engenheira Denise Engleitner Bascope, filha do senhor Eugênio Lothar Engleitner, de 89 anos, internado há 41 dias no Hospital Unimed Campo Grande, também se diz muito grata, apesar do momento difícil que atravessa com a família.

"Eu sou muito grata a Deus, ao meu irmão que é incansável em nos apoiar, ao meu marido, que me ajuda muito e é o melhor cuidador, e à equipe aqui da Unimed Campo Grande que é muito carinhosa com o meu pai, desde de enfermeiros até as duas médicas que estão sempre conosco. São pessoas que não estão aqui só fazendo um trabalho mecânico, mas o tratam com muito carinho, o que é muito importante para nós que estamos passando por um momento tão delicado", fala bastante emocionada.

Além dessas duas histórias, ouvimos diariamente de diversas pessoas, o quanto são agradecidas pela oportunidade de serem cuidadas além do profissionalismo, mas por poder contar com amor, respeito e carinho, gestos estes que, com certeza, valem muito para qualquer pessoa, mas especialmente para quem passa por momentos difíceis na vida, como um tratamento de saúde.

Exercitar a gratidão é também uma boa maneira de começar o novo ano. Uma mudança de hábito, que se colocada em prática, certamente renderá bons frutos, nos fortalece para os momentos de dificuldade e além de fazer bem para nós mesmos, fará também a todos a nossa volta.

Comunicação Unimed Campo Grande.

Envie seu Comentário