Academia Maçônica de Letras

Homenagem Fadel Tajher Iunes

Um dos fundadores da Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul (AMLMS)

 

17/07/2019 06h13
Por: Guimarães Rocha

 

A Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul (AMLMS) tem um de seus fundadores, o ilustríssimo irmão Fadel Tajher Iunes, que hoje já repousa junto ao Grande Arquiteto do Universo, mas que deixou importantíssimas contribuições e um legado memorável, que aqui eternizamos através do resgate de sua história.

O eminente irmão Fadel Tajher Iunes nasceu na cidade branca de Corumbá, e fez os cursos de 1º e 2º graus em sua terra natal. Diplomou-se Bacharel em Direito pela Faculdade de Direito Cândido Mendes, na cidade do Rio de Janeiro, e foi bancário por mais de dez anos, servindo nas cidades de Corumbá, Cuiabá e Rio de Janeiro, tendo ocupado cargos de projeção. Ingressou no Ministério Público no antigo Estado de Mato Grosso, por concurso público de provas e títulos em 1963, sendo nomeado para servir como Primeiro Defensor Público na Comarca de Corumbá. Nos anos de 1973 a 1977 foi promovido, por merecimento, para comarca de entrância especial, tendo o mesmo renunciado.

Em 1979, o Dr. Fadel Tajher Iunes foi novamente transferido para a Comarca de Campo Grande, quando ao aceitar a dita promoção engrandecia o Ministério Público Estadual, no exercício de Defensor Público na então Capital do mais novo Estado da Federação. Em 1980, o ilustre personagem já galgava a um dos mais altos postos no Ministério Público do Estado, ao ser promovido ao cargo de Procurador de Justiça. Ainda, em cumprimento de sua missão neste mundo, temos a acrescentar que esta ilustre personalidade foi professor da Escola Normal "Maria Leite", em Corumbá, como lente daquele Educandário, por mais de dez anos, tendo sido escolhido por três vezes paraninfo de turma, nos anos de 1970, 1974 e 1976.

Foi membro do Conselho de Curadores do Instituto Superior de Pedagogia de Corumbá nos anos de 1968 a 1970, tendo sido Patrono de Turma em 1977. É possuidor de diversos Cursos de Extensão Universitária, assim como: Curso Básico de Oratória; Curso de Didática de Ensino Superior; Curso de Prática de Ensino da Língua Portuguesa; Curso da ADESG - Associação dos Diplomados da Escola Superior de Guerra e Técnica de Ensino do Centro de Instrução "Almirante Wandenkolk", da Marinha do Brasil. Participou dos seguintes eventos: Primeira Semana Sul-mato-grossense de Estudos Pedagógicos de Ensino Superior e Primeiro Seminário de Estudos Geográficos de Corumbá.

O eminente Fadel foi homenageado, no ano de 1973, pela Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso, em moção congratulatória pelos relevantes serviços prestados à Justiça. Dentre tantas outras láureas, há que se destacar o merecimento de que foi por três vezes homenageado na Câmara Municipal de Corumbá, nos anos de 1973, 1975 e 1978, com votos de reconhecimentos pelos serviços prestados à aquela comunidade. Recebeu também homenagens da Associação Mato-grossense de Estudantes no Rio de Janeiro, como Sócio Benemérito, e do 6º Distrito Naval, em Ladário, com Diploma e Medalha de Amigo da Marinha de Guerra do Brasil. Foi condecorado com os diplomas de Consagração Pública, como "Defensor do Ano", em 1970 e de "Destaque do Ano", da Associação Comercial de Corumbá – "Bicentenário de 1978".

Em sua vida maçônica, destacamos os diplomas: de Mestre Maçom; de Cavaleiro Rosa Cruz; de Cavaleiro Kadosch; de Grande Inspetor Inquisidor e Comendador; de Príncipe Real do Segredo; de Grande Inspetor Geral; de Honra ao Mérito da Loja Alvorada, de Amambay – Paraguai; de Distinção "Marechal Bernardino Caballero", de Asunción – Paraguai; de Benemérito da Loja Joaquim Gonçalves Ledo, de Niterói – RJ; de Honra da Loja Esperança de Niterói nº 3 – RJ; de Benemérito da Ordem; de Grande Benemérito da Ordem do Grande Oriente do Brasil (GOB); de Garante de Amizade da Gran Logia del Paraguay e de Mestre Instalado. Recebeu também a Condecoração da Estrela de Distinção Espada da Loja Maçônica União de Manhuaçu, de Manhuaçu – MG.

Por atos do Poder Central, foi nomeado Delegado Especial do Grande Oriente do Brasil para o Estado de Mato Grosso, bem como Delegado Extraordinário para representar o Grande Oriente do Brasil e seu Soberano Grão-Mestre na solenidade de instalação da Loja "Ilanos de Grigota", em Santa Cruz de La Sierra – Bolívia. É possuidor das medalhas: Mestre Maçom; Benemérito da Ordem; de Ouro do Sesquicentenário do Grande Oriente do Brasil; Cruz Malta do Grau 33; Alvorada Del Amambay-Paraguay; Gran Oficial "Mal. Bernardino Caballero" Paraguay; de Garante de Amizade da Potência Maçônica Gran Logia del Paraguay; tendo sido condecorado com a mais alta distinção Maçônica "Comenda da Ordem do Mérito de D. Pedro I", e ocupado o Cargo de Presidente do Conselho Kadosch nº 23 do Estado de Mato Grosso.

Por ato do Soberano Grão-Mestre Geral da Ordem, foi escolhido, juntamente com Dr. Maux Jegge, grande Secretário Geral das Relações Exteriores, para representar o GOB junto às Potências Maçônicas dos países: Paraguai, Argentina, Chile, Uruguai, Peru e Bolívia. O ilustre Fadel Tajher Iunes levou uma vida maçônica de grande dinamismo e trabalho, pelo engrandecimento do Grande Oriente do Brasil não só na nossa querida Pátria, como também junto às Potências Maçônicas no exterior.

Desde 1963, como Defensor Público, o Doutor Fadel prestou relevantes serviços à Justiça no atendimento dos mais necessitados, aqueles que não dispunham de condições financeiras para constituir advogado para defesa de seus direitos junto ao Poder Judiciário, demonstrando

nesse sacerdócio verdadeiro amor pela causa do Direito e da Justiça. Ocupou os cargos de Grão-Mestre Estadual e na vida profana Procurador de Justiça, membro do Conselho Penitenciário de nosso Estado e Corregedor-Geral do Ministério Público. Em 13 de maio de 1999, estava entre os fundadores da Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul, entidade que em 13 de maio de 2019 completou 20 anos, da qual foi o primeiro presidente e onde eternamente será lembrado por suas contribuições pela propagação do conhecimento no meio maçônico e junto à sociedade.

*Guimarães Rocha – poeta /escritor, membro fundador da União Brasileira de Escritores/Secção MS, membro da Academia Sul-Mato - Grossense de Letras, membro da Academia de Literatura e Estudos de Corumbá e membro efetivo da Academia Maçônica de Letras de Mato Grosso do Sul, sendo seu presidente atualmente.

Envie seu Comentário