Acidente envolvendo o ônibus da empresa Seriema, prestadora de serviços da Buser, ocorreu na manhã desta sexta-feira (22), na BR-262, km 624, em Corumbá próximo ao posto da Polícia Rodoviária Federal (PRF). Estavam no ônibus cerca de 42 passageiros e ninguém ficou ferido. 

Para o diretor-presidente da Agência Estadual de Regulação de Serviços Públicos de Mato Grosso do Sul (Agepan), Carlos Alberto de Assis, todo cuidado é pouco no transporte de vidas. “A Agência está fortalecendo as fiscalizações em novas diretrizes para evitar que acidentes ocorram. Quando o assunto é transportar pessoas, vidas, todo cuidado é pouco, segurança no transporte é prioridade da Agepan”, afirma. 

Segundo os fiscais de transporte da Agência Reguladora que estão atuando em Corumbá, o motorista do veículo, perdeu o controle da direção e bateu no “guard rail” da ponte do rio. Além disso, o ônibus estava irregular e clandestino, sem vistoria e nem autorização da Agepan.

Todos que estavam no ônibus foram levados até Miranda, município mais próximo, em duas viagens com um veículo menor. Um ônibus com 50 assentos, que estava em Corumbá, foi designado para transportar os passageiros de Miranda até Campo Grande. Os fiscais acompanharam o desfecho do acidente e o ônibus da empresa foi guinchado. 

Segundo a assessoria da Agepan, a empresa Seriema não se pronunciou sobre o caso.

Comentários