O Comitê Organizador dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Tóquio informou na manhã deste sábado que mais um funcionário foi infectado pelo coronavírus, ampliando para quatro o número de casos dentro da entidade desde o início da pandemia.

Segundo o comunicado dos organizadores da Olimpíada, o quarto caso é um homem, de cerca de 30 anos, e que estava trabalhando no escritório Harumi do Comitê Organizador, no bairro de Chuo, em Tóquio. A identidade da pessoa contaminada não foi revelada. Ela tem trabalhado remotamente há quase um mês.

“O colaborador infectado pela vírus tem trabalhado de sua casa desde o dia 7 de julho. Seu último dia de trabalho no local foi em 6 de agosto”, diz o comunicado enviado à imprensa.

“Tóquio-2020 continuará a trabalhar com organizações relevantes para evitar a disseminação da covid-19 e tomar todas as medidas necessárias para manter um ambiente de trabalho seguro e protegido para nossa equipe”, completa.

O primeiro caso de coronavírus dentro do Comitê Organizador dos Jogos de Tóquio veio à tona em abril, com um funcionário do sexo masculino na casa dos 30 anos. Depois, a organização revelou em agosto que mais dois funcionários haviam sido infectados, um deles uma mulher.

Todos foram afastados do trabalho na sede localizada perto da Baía de Tóquio e ficaram em isolamento em suas residências. A entidade conta com mais de 3.500 colaboradores.

O Comitê Organizador da Olimpíada planeja uma força-tarefa com representes do governo japonês a fim de traçar um plano com medidas de contenção contra o coronavírus e assegurar que o evento seja realizado na data remarcada, em 2021. O Japão registra mais de 71 mil casos desde o início da pandemia, com 1361 mortes pela doença.

Fonte: Estadão

Comentários