Divulgação

Instituto Ranking divulgou uma pesquisa com os nomes de possíveis candidatos a vereador (a) em Campo Grande, nas eleições deste ano (2020). A pesquisa ouviu a população de forma espontânea, por isso a relação divulgada não expressa numericamente a totalidade das candidaturas que podem e devem ser registradas.

O Ranking observa que “o fato de que várias citações expressam um desejo ou uma intenção de quem quer votar em alguém, e não necessariamente uma referência a candidaturas já definidas”, explica.

A pesquisa com o registro MS-06173/2020 foi realizada entre os dias 5 e 7 de agosto com homens e mulheres acima de 16 anos, de diversas escolaridades e renda. Para um intervalo de confiança de 95% e um tamanho de amostra de 1.200 entrevistas, a margem de erro máxima estimada foi de 2,85%, para mais ou para menos.

Os dados foram colhidos nas regiões urbanas de Anhanduizinho, Bandeira, Centro, Imbirussu, Lagoa, Prosa, Segredo, e distritos de Anhanduí e Rochedinho.

Entre os mais apontados estão: Chiquinho Telles com (1,75%), seguido por Joel Faustino – Amigos do Joel (1,67)%, Otávio Trad (1,58) Clemêncio Ribeiro – Ciclo Ribeiro (1,50%), Silvio Pitu (1,42), Gilmar – Mazinho Silva (1,33%), Juliano Gogoz (1,25%), Professor Riverton (1,17%), Camargo (1,08), Otávio Figueiró (1%), Bruna Lopes (0,92%), Amadeu Borges (0,83%), Máximo Brasil (0,75%), Bruno Nóbrega (0,67%), com (0,58%) aparecem: Jean Carlos – PotênciaViviane PedraBeto AvelarAlex do Som e Claudinho Serra.

No bloco que pontuaram (0,50%) estão: Professor Juari, Eduardo Miranda – Edu, Dr. Sandro Benites, Neldo Peters, Valdir Gomes, Fernando Irmãozinho, Major Centurião, Roberto Mateus, Paulo Rios e João Bosco de Medeiros.

Veja a relação completa de todos os citados:

A pesquisa do Instituto Ranking, colheu dados da opinião pública sobre o que os eleitores pensa sobre a atuação dos vereadores e o desempenho da Câmara Municipal de Campo Grande. Bom/ótimo (18,50%), Regular (40,42%), Ruim/Péssimo (28,33%), Não sabem/Não reapoderam (12,75%).

Comentários