Dr Oreste Ferra Neto e enfermeira Ligia Simões Ferreira com a paciente Fernanda

Profissionais realizam atendimento especializado em todos os estágios, desde consultas ambulatoriais até terapia de substituição renal

O Serviço de Nefrologia Pediátrica do Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian, da Universidade Federal de Mato Grosso do Sul (Humap-UFMS/Ebserh), realiza atendimento especializado em todos os estágios de complexidade, desde consultas ambulatoriais até terapia de substituição renal. Atende pacientes recém-nascidos até pacientes com 12 anos, 11 meses e 29 dias.

Em 2019 mais de 1.500 atendimentos ambulatoriais foram realizados pelos profissionais, além dos pacientes internados em todos os setores da pediatria.

Atualmente estão sendo atendidos sete pacientes crônicos em diálise peritoneal e nove pacientes já transplantados em segmento pós-transplante.

“O Serviço funciona todos os dias da semana. No período da pandemia estamos mantendo dois ambulatórios ativos, além do segmento dos pacientes internados”, explica o nefrologista pediátrico Oreste Ferra Neto.

Além do Dr Oreste, trabalha no Serviço de Nefrologia Pediátrica a enfermeira nefrologista Ligia Simões Ferreira.

Nefrologia Pediátrica

A nefrologia pediátrica é um ramo da pediatria responsável por prevenir, diagnosticar e tratar condições que acometem os rins de pacientes bebês, crianças e adolescentes. A nefrologia pediátrica pode tratar ainda doenças como enurese, litíase urinária, hipercalciúria, síndrome nefrótica, injúria renal aguda, refluxo vesicoureteral, doença renal policística, displasia renal, acidose tubular renal e síndrome de Fanconi.

Sobre a Rede Hospitalar Ebserh

O Hospital Universitário Maria Aparecida Pedrossian (Humap) faz parte da Rede Hospitalar Ebserh desde dezembro de 2013. Vinculada ao Ministério da Educação (MEC), a Empresa Brasileira de Serviços Hospitalares (Ebserh) foi criada em 2011 e, atualmente, administra 40 hospitais universitários federais, apoiando e impulsionando suas atividades por meio de uma gestão de excelência.

Como hospitais vinculados a universidades federais, essas unidades têm características específicas: atendem pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS), e, principalmente, apoiam a formação de profissionais de saúde e o desenvolvimento de pesquisas. Devido a essa natureza educacional, a os hospitais universitários são campos de formação de profissionais de saúde. Com isso, a Rede Hospitalar Ebserh atua de forma complementar ao SUS, não sendo responsável pela totalidade dos atendimentos de saúde do país.

Comentários