Neste dia 1º de agosto, apesar de domingo este ano, é data de início da Semana Municipal de Conscientização sobre o TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) no município de Dourados. A Semed (Secretaria Municipal de Educação) destaca que, como estamos no período de aulas remotas, as ações são coordenadas por cada unidade da Reme (Rede Municipal de Ensino).

De acordo com a secretária municipal de Educação, Ana Paula Benitez Fernandes, este é o segundo ano em que a semana de conscientização é celebrada. A ação foi instaurada pela lei municipal n° 4.405 de 09 de janeiro de 2020. “É importante falar sobre o tema para que os alunos entendam o TDAH e quais suas características, como a dificuldade de concentração, inquietação e impulsividade”, aponta.

Desde o início das aulas remotas, a Semed preparou um esquema diferente para esses alunos. Segundo a psicóloga escolar no Núcleo Social e Psicopedagógico, Heloisa Bortolotto da Silva, o processo de adaptação foi estabelecido em parceria com os coordenadores das unidades da Reme.

“No período de aulas remotas as adaptações pedagógicas foram construídas por intermédio da coordenação escolar, professor regente e professor do atendimento educacional especializado. Já durante a Semana Municipal de Conscientização sobre o TDAH, as escolas terão autonomia para definir como realizarão as ações”, revela.

O que é o TDAH?

O TDAH (Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade) é um transtorno neurobiológico, de causas genéticas, que aparece na infância e frequentemente acompanha o indivíduo por toda a sua vida. Ele se caracteriza por sintomas de desatenção, inquietude e impulsividade. Ele é chamado às vezes de DDA (Distúrbio do Déficit de Atenção). Em inglês, também é chamado de ADD, ADHD ou AD/HD.

O TDAH é comum?

Ele é o transtorno mais comum em crianças e adolescentes encaminhados para serviços especializados. Ele ocorre em 3 a 5% das crianças, em várias regiões diferentes do mundo em que já foi pesquisado. Em mais da metade dos casos o transtorno acompanha o indivíduo na vida adulta, embora os sintomas de inquietude sejam mais brandos.

Quais são os sintomas de TDAH?

1) Desatenção

2) Hiperatividade e impulsividade

O TDAH na infância em geral se associa a dificuldades na escola e no relacionamento com demais crianças, pais e professores. As crianças são tidas como “avoadas”, “vivendo no mundo da lua” e geralmente “estabanadas” e com “bicho carpinteiro” ou “ligados por um motor”. Os meninos tendem a ter mais sintomas de hiperatividade e impulsividade que as meninas, mas todos são desatentos. Crianças e adolescentes com TDAH podem apresentar mais problemas de comportamento, como por exemplo, dificuldades com regras e limites.

Em adultos, ocorrem problemas de desatenção para coisas do cotidiano e do trabalho, bem como com a memória. São inquietos, vivem mudando de uma coisa para outra e também são impulsivos. Eles têm dificuldade em avaliar seu próprio comportamento e quanto isto afeta os demais à sua volta. São frequentemente considerados “egoístas”. Eles têm uma grande frequência de outros problemas associados, tais como o uso de drogas e álcool, ansiedade e depressão.

Fonte: Ascom PMD

Comentários