20.8 C
Campo Grande
terça-feira, 16 de julho, 2024
spot_img

Contribuintes aproveitam pós-feriado para negociar débitos com Prefeitura

O primeiro dia útil após o feriado municipal é de movimento na Central de Atendimento ao Cidadão (CAC). Contribuintes estão aproveitando a sexta-feira (14) para negociar com condições e descontos especiais débitos tributários e não tributários, de natureza principal ou acessória, estando estes inscritos ou não em dívida ativa, ajuizados ou não, com exigibilidade suspensa ou não, através do mutirão de conciliação fiscal, Concilia CG.

Conforme a Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento (Sefin), em oito dias de atividades, foram realizados 16.713 atendimentos, sendo 3.870 atendimentos presenciais e 12.843 atendimentos on-line. Foram emitidas 9.575  guias imobiliárias.

A professora Mileni Silveira de Souza (43) para tratar de débitos referentes ao IPTU da casa da família. Ela explica que conseguiu mais de R$ 200 de desconto durante a negociação de um montante de R$1.300. “Foi muito bom. Pensei que seria mais complicado, mas foi bem tranquilo, pessoal bem receptivo, atendente educada e rápida. Fiquei muito satisfeita”, pontuou.

Contribuintes aproveitam pós-feriado para negociar débitos com Prefeitura

A agilidade no atendimento também impressionou a contribuinte Lucinda Wancenboch (50). A dona de casa contou que iniciou o atendimento por meio dos telefones disponibilizados para a população e em seguida foi até a Central de Atendimento ao Cidadão para discutir valores alusivos ao IPTU de um imóvel de propriedade da mãe, localizado no Bairro Universitário.

“Eu tinha algumas dúvidas com relação aos valores, liguei para eles, me explicaram e consegui entender tudo. Além de rápido, não encontramos burocracia nenhuma. Minha mãe veio comigo, trouxe todos os documentos, já que imóvel está no nome dela, mas não precisou, conseguimos parcelar e organizar os atrasados. Estão de parabéns”.

Contribuintes aproveitam pós-feriado para negociar débitos com Prefeitura

Oportunidade aproveitada também por Seu Anacleto Berdella (80), que negociou parcelas do IPTU de um imóvel que possui no Residencial Terra Morena.

O aposentado elogiou a rapidez no atendimento e comemorou os 20% de desconto recebidos. “Tudo resolvido. Foi muito prático, é bastante importante esse tipo de ação, consegui o desconto, que ajuda muito a organizar as coisas”, comemorou.

Para aderir, os contribuintes poderão pagar os boletos enviados via Correios ou solicitar a emissão da Guia DAM com os benefícios previstos pela Lei Complementar, tanto para pagamento à vista quanto parcelado.

Contribuintes aproveitam pós-feriado para negociar débitos com Prefeitura

As guias DAM podem ser emitidas de forma simplificada através do site Concilia Campo Grande, que estará operacional com o início do mutirão. Além disso, há canais de teleatendimento disponíveis para auxiliar os contribuintes.

Condições de Pagamento

Os débitos poderão ser regularizados até 12 de julho de 2024, com as seguintes modalidades:

Débitos Imobiliários:

À vista: Remissão de 90% dos juros e multas.

Parcelado: Remissão de 80% dos juros e multas, conforme o número de parcelas:

Até 6 parcelas, entrada de 10%.

De 7 a 12 parcelas, entrada de 15%.

De 13 a 18 parcelas, entrada de 20%.

 Débitos Econômicos:

À vista: Remissão de 90% dos juros e multas.

Parcelado:

Até 6 meses, parcelas mínimas de R$ 100,00.

De 7 a 12 meses, parcelas mínimas de R$ 500,00.

De 13 a 18 meses, parcelas mínimas de R$ 1.000,00.

De 19 a 24 meses, parcelas mínimas de R$ 1.250,00.

De 25 a 36 meses, parcelas mínimas de R$ 1.500,00.

De 37 a 48 meses, parcelas mínimas de R$ 2.000,00.

De 49 a 60 meses, parcelas mínimas de R$ 2.500,00.

 Remissão: 75% dos juros e multas para débitos parcelados, com parcela mínima de R$ 50,00.

Transação Excepcional

Para créditos tributários superiores a R$ 150.000,00, será possível aderir à “Transação Excepcional”, permitindo pagamento à vista ou parcelado em até 120 meses, com entrada reduzida e descontos. Esta modalidade considera critérios de interesse público, risco jurídico e capacidade de pagamento do contribuinte. Os interessados devem solicitar diretamente à Secretaria Municipal de Finanças e Planejamento, com análise da Câmara de Conciliação Fiscal (CCF).

Restrições

Os benefícios desta Lei Complementar não podem ser utilizados para quitação de débitos via precatórios, dação em pagamento, depósitos judiciais em curso ou acordos judiciais aguardando conversão de depósito em renda.

 Canais de Atendimento

Presencial: Central de Atendimento ao Cidadão (CAC), Rua Marechal Rondon, nº 2655, das 8h às 16h.

On-line: Disponível 24 horas através do  https://concilia.campogrande.ms.gov.br/pagamento.

Telefônico: De segunda a sexta-feira, das 7h às 19h, até 12 de julho de 2024: 4042-1320, 98478-8873, 98471-0487, 99968-8992, 99969-1375, 99972-8202, 99995-6273, 99973-9589, 99975-1427, 99969-0928.

Para mais informações e detalhes, os contribuintes devem acessar o site ou entrar em contato pelos canais de atendimento disponíveis.

Fale com a Redação