Corpo Encontrado Santo Eugênio. (Foto/Portal R7)

Mulher era usuária de drogas e tinha 44 anos

O corpo encontrado na tarde de ontem, quinta-feira (24) no Córrego Bálsamo em Campo Grande no Bairro Universitário foi identificado pela Polícia Civil como sendo de uma mulher de 44 anos, que seria usuária de drogas.

Conforme informado pela Polícia Civil, o laudo do Imol (Instituto de Medicina e Odontologia Legal) não identificou indícios de violência no corpo. Investigações mais aprofundadas serão realizadas por equipes da 4ª delegacia da Capital.

A mulher identificada como Rosimeire Ferreira do Nascimento era usuária de drogas e vivia em situação de rua, tendo como histórico policial um boletim realizado em 2018 por ameaça, feito por sua patroa, que na ocasião apontou que ato teria ocorrido devido ao uso de drogas.

O caso

Na tarde da última quinta-feira (24), um morador de rua encontrou o corpo boiando no Córrego Bálsamo ao ir tomar banho no local próximo ao bairro Santo Eugênio, que informou moradores da região que acionaram a polícia.

O córrego é o mesmo que passa próximo ao local onde a polícia localizou um cemitério clandestino. Porém até o momento não há nenhuma ligação com o achado e o corpo encontrado.

Ainda conforme informações policiais a princípio a equipe acreditava se tratar de um homem, pelo corpo estar de bruços, entretanto ao virar constataram ser uma mulher, trajando apenas shorts e calcinhas. O corpo estava em estado avançado de decomposição, aparentando um espaço de pelo menos sete dias de morte.

Comentários