O time de Corumbá foi condenado por escalar irregularmente o jogador Vandinho em três partidas do Campeonato Sul-mato-grossense de 2020.

12/03/2020 07h42
Por: Redação

O Tribunal de Justiça Desportiva (TJD) na noite de ontem (11), acatou denúncia de escalação irregular do lateral-esquerdo Vandinho do Corumbaense e puniu o clube com perda de 16 pontos. Com a decisão o time que ocupava a oitava posição no Estadual com 8 pontos, está rebaixado para a Série B em 2021.

Na sentença, foram descontados nove pontos pelos três jogos que o atleta atuou no Sul-mato-grossense 2020 e mais sete pontos correspondentes a duas vitórias e um empate (2 a 1 sobre a Serc; empate sem gol contra o Aquidauanense e 1 a 0 em cima do Comercial). Com isso, o clube ficou com -8 pontos na tabela.

Decisão

Dois auditoresdo TJD decidiram votar junto ao procurador, Adilson Viegas, que pedia a perda de 16 pontos do time de Corumbá, enquanto um decidiu pela perda parcial de pontos, retirando apenas três.

Por maioria (3 a 2) o Corumbaense foi punido com a retirada de 16 pontos, o deixando no momento com -8 na tabela, sendo rebaixado para a Série B do Estadual – os pontos negativos ainda deverão ser computados na próxima competição.

Nota do Clube

Segundo a direção do Corumbaense, houve “vários erros” no julgamento, está sendo preparado a argumentação para recorrer da sentença.

Confira na íntegra a nota:

O Corumbaense Futebol Clube vem por meio desta esclarecer a torcida sobre os próximos passos.

O departamento jurídico avalia a pena decidida hoje como DESPROPORCIONAL e vai recorrer da decisão.

O Deputado estadual, Evander Vendramini, que é advogado, acompanhou todo o julgamento e também está indignado com a decisão totalmente desproporcional a realidade.

Nosso clube sempre buscou atuar de forma correta dentro e fora de campo e não esperamos nada além do CERTO E JUSTO.

Todos os argumentos do clube estão sendo avaliados e preparados, vamos buscar dentro da lei o que é realmente certo. Percebemos vários erros durante o julgamento e vamos preparar nossa argumentação para reverter esse quadro.

Lamentamos a decisão e pedimos desculpas a nossa torcida, mas deixamos claro a todos os torcedores que VAMOS RECORRER.

Vamos lutar até as últimas instâncias se for necessário.

Não vamos permitir exageros e absurdos.

Atenciosamente,

Corumbaense Futebol Clube.

O caso

Vandinho foi expulso quando ainda atuava pelo Comercial, na última partida do estadual de 2019 contra o Aquidauanense, na semifinal da competição. De acordo com o árbitro da partida, Thiago Alencar Gonzaga, Vandinho o ofendeu após o jogo que eliminou o Colorado e, por isso, recebeu o cartão vermelho.

Em julgamento posterior pelo TJD, o lateral-esquerdo pegou dois jogos de suspensão por ofensas à arbitragem, e deveria cumprir na próxima competição estadual. Como o atleta saiu do Comercial e foi inscrito no sul-mato-grossense pelo Corumbaense, a Federação entendeu que Vandinho deveria ter cumprido as duas partidas no estadual deste ano.

Isso, no entanto, não aconteceu. O nome do lateral-esquerdo apareceu no BID como atleta do Galo Carijó no dia 07 de fevereiro. No dia 09, o Corumbaense encarou o Águia Negra, em Rio Brilhante, ainda sem Vandinho na equipe. Aquele, conforme o documento, seria o primeiro jogo de suspensão cumprido. Porém, o atleta atuou nas três partidas seguintes, contra Serc (inclusive fazendo o gol da vitória) e sendo titular no empate diante do Aquidauanense e na vitória contra o Comercial.

*Com informações do Globo Esporte MS.

Mesa com os auditores que participaram do julgamento. MS Esporte Clube

Comentários