01/06/2020 14h45
DA REDAÇÃO

Decreto publicado nesta segunda-feira (1º) cria o Comitê Gestor do Plano de Retomada Pós-Crise da Covid-19 para estabelecer ações estratégicas para a retomada dos serviços públicos, recuperação, crescimento e desenvolvimento do Estado.

O decreto assinado pelo governador Reinaldo Azambuja e pelo secretário de Estado de Governo e Gestão Estratégica, Eduardo Riedel, estabelece que compete à delegação articular com os municípios, empresas e entidades medidas na área de infraestrutura com foco em obras públicas, parcerias com o setor privado, ações para promover a redução das disparidades regionais causadas pelos impactos econômicos e sociais da pandemia do novo coronavírus e tomar atitudes para garantir suprimentos de setores estratégicos.

Cabe ainda a essa junta, propor providências que promovam a desburocratização de procedimentos administrativos por meio do uso da tecnologia da informação e da simplificação e a eficiência da gestão do gasto público.

O comitê será composto por sete membros titulares, além dos suplentes, em igual número. Eles representarão as secretarias de Estado de Governo e Gestão Estratégica (Segov), Saúde (SES), Fazenda (Sefaz), Meio Ambiente, Desenvolvimento Econômico, Produção e Agricultura Familiar (Semagro), Administração e Desburocratização (SAD), Justiça e Segurança Pública (Sejusp), além de Controladoria-Geral do Estado e Procuradoria-Geral do Estado. A participação no Comitê Gestor não será remunerada.

Mato Grosso do Sul, que se antecipou e começou a se preparar para enfrentar o avanço do novo coronavírus ainda em janeiro, tem obtido os melhores resultados do país no combate à pandemia, com menor número de casos positivos, mortes e ocupação de leitos de UTI.

Divulgação

Comentários