O casal foi autuado em flagrante delito por tráfico de drogas e associação para o tráfico na sede do Denar.

Uma ação conjunta entre a Delegacia Especializada de Repressão ao Narcotráfico (Denar) e a Polícia Rodoviária Federal (PRF), prendeu um casal na manhã desta terça-feira, na BR-060, em Campo Grande, com 34 quilos de cocaína, avaliadas em R$ 450 mil. A droga foi pega em Ponta Porã e seria levada para Três Lagoas.

De acordo com o delegado da Denar, Hoffman D’Ávila Cândido e Sousa, responsável pela investigação, havia informações que um homem de 37 anos acompanhado de uma mulher de 33 anos, estariam retornando da fronteira em um veículo Peugeot 3008 pela rodovia federal.

Foi realizado um bloqueio policial com apoio da PRF, sendo então, localizado o carro ocupado pelo casal, que estava acompanhado de uma criança.

Em uma busca minuciosa no veículos, foram achados 46 tabletes de cocaína.

Questionado, o homem assumiu o tráfico, afirmando que a esposa não sabia de nada e que receberia R$ 10 mil para levar até a cidade de Três Lagoas. O traficante ainda confirmou aos policiais que era a sua segunda viagem, transportando drogas.

Porém, as investigações em curso na Denar, já apontava o envolvimento da mulher, que é farmacêutica e está no 5º ano de medicina.

Os policiais rodoviários informaram que o casal já havia sido abordado em outras fiscalizações, sempre na região de Ponta Porã e também na BR-262, já próximo a Três Lagoas, porém nenhum tipo de ilícito era encontrado.

Comentários