divulgação

Por solicitação de várias pessoas, o deputado Cabo Almi (PT), está encaminhado expediente ao PROCON-MS para apuração de possíveis e reiteradas práticas lesivas aos consumidores, praticadas por Bancos e Cooperativas de Créditos em nosso Estado, com a majoração de pacotes e tarifas sem a devida anuência ou previa comunicação aos correntistas.

Segundo o deputado, essas alterações se dão, possivelmente, pela ausência física dos clientes que estão em sua maioria absoluta, operando remotamente, passo que as instituições de créditos aproveitando este momento da pandemia reajustam valores tarifários de manutenção de contas em percentuais muito elevados e, em alguns casos ultrapassam os 190 % (cento e noventa) por cento.

Uma vez sendo constatada atos abusivos desta natureza, espera-se que o PROCON use suas prerrogativas de agir legalmente, processando e multando os Bancos e Cooperativas de Créditos que lesam os consumidores com o aumento nos valores de pacotes e tarifas, assim entende o parlamentar.

Comentários