26/05/2020 15h45
Da redação

Durante a sessão remota desta terça-feira, 26, o deputado estadual Evander Vendramini (Progressistas) encaminhou requerimento solicitando explicações sobre os motivos que levaram à suspensão, por tempo indeterminado, das atividades do Sesc em Corumbá. O documento é destinado ao Governo do Estado, Prefeitura de Corumbá, Fundação de Cultura de Mato Grosso do Sul e à Diretoria Regional do Sesc/MS.

De acordo com o parlamentar, a notícia deixou a população e a classe artística perplexas quando tomaram conhecimento do fechamento da unidade na semana passada, 19 de maio. “Ações para evitar a proliferação do novo coronavírus são bem-vindas e necessárias. No entanto, o que deixou a população e todos ligados à cultura preocupados e cheios de dúvida foi a forma abrupta como foi realizado o encerramento, sem saber se a unidade voltará a funcionar ou não”, apontou Evander.

“A nossa população quer respostas sobre o destino da unidade, que tanto colabora com a sociedade local através de atividades que permitem acesso à cultura, lazer e outros tipos de ações sociais desde 2013”, ressaltou o deputado pantaneiro. O parlamentar destaca que o espaço serve de intercâmbio entre artistas de todo o Brasil e o público, descobrindo novos talentos locais com oficinas e workshops, além de servir como fonte de renda para artistas da região que já tiveram seus trabalhos reconhecidos naquela unidade.

“O Sesc de Corumbá não pode fechar. Os corumbaenses, ladarenses e os irmãos bolivianos clamam por uma resposta positiva para que se mantenham as atividades da unidade funcionando”, finalizou Evander.

Divulgação

Comentários