A sessão é transmitida ao vivo pelos canais de comunicação da ALEMS (Foto: Wagner Guimarães)

Os deputados Pedro Kemp e Amarildo Cruz (ambos PT) fizeram pedido formal endereçado à reitoria da Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) para que seja oferecido curso de Serviço Social, na modalidade presencial no campus de Campo Grande. O pedido foi feito durante a sessão ordinária desta terça-feira (22).

Deputados solicitam curso presencial de Serviço Social na UEMS
Deputado Amarildo Cruz reforçou o pedido feito à universidade

De acordo com Kemp, a solicitação atende reinvindicação de representantes do Conselho Regional de Serviço Social do Estado. “Participamos de reunião na semana passada com assistentes sociais. São pessoas que são referência na política do Serviço Social e estamos apresentando essa indicação, a pedido dessas pessoas”, disse.

Kemp alertou que não há mais oferta do curso na modalidade presencial em Campo Grande. “Na UCDB fechou o presencial, e hoje nas faculdades só na modalidade EAD. A comissão entende que não é a mesma coisa que um curso presencial”, destacou. O parlamentar defendeu que o pedido atende a necessidade da população.

“O Serviço Social requer conhecimentos específicos da realidade social. Tais conhecimentos possibilitam ações e projetos sociais inerentes às políticas públicas sociais ofertas pelo Estado e pela sociedade civil. Os profissionais atuam em diversas áreas como educação, saúde e seguridade social”, afirmou.

Amarildo Cruz reforçou a importância da criação do curso. “Indicadores mostram a ampla desigualdade no nosso país, que está avançando. Isso mostra a penúria do povo mais humilde. O Serviço Social tem papel estratégico, principalmente com o agravamento da pandemia, do desemprego, da miséria e da fome. A proteção do Estado é fundamental nesse sentido”, refletiu.

Amarildo e Kemp solicitaram o apoio dos demais parlamentares. O deputado Barbosinha (DEM) se manifestou favorável ao pedido. “Quero me somar à indicação, pois entendo como relevante e importante. Essa profissão é tão importante para os mais necessitados”, disse Barbosinha.

Comentários