A apreensão de drogas nas estradas de Mato Grosso do sul é rotina, em grandes e pequenos carregamentos, por sermos rota do produto que entra vindo do Paraguai. E cada vez mais, as historias de quem é preso, se confundem com a entrada fácil ao mundo do tráfico, por visão do ‘dinheiro fácil’ e vultuoso, como em possíveis ‘loucuras’ em busca de sobrevivência. Assim, os policiais do DOF (Departamento de Operações de Fronteira) apreenderam, na manhã desta sexta-feira (30), um veículo de passeio Logan, carregado com 450 quilos de maconha. O carro era guiado por um alegado desempregado, que veio fazer ‘um serviço’ para ganhar dinheiro.

Conforme o DOF, a prisão e o entorpecente barrado, foi durante um deslocamento ostensivo pela rodovia BR-267, na área rural do município de Maracaju. “Os militares abordaram o condutor do Logan, um homem de 28 anos de idade, que seguia para a cidade de Votorantim (SP), onde reside. Durante a vistoria no veículo localizou-se o entorpecente distribuído em 493 volumes prensados”, registrou a polícia.

À polícia, ao ser questionado sobre a droga, o rapaz disse que, por estar desempregado, veio até Ponta Porã e comprou de um desconhecido, e que com isto iniciaria no mundo do trafico, pois ele fez a compra e faria a venda. “Ele ‘justificou pela falta de emprego, que veio comprar e pretendia revendê-la na cidade de origem”, revelou o DOF

A ocorrência foi registrada e entregue na Delegacia da Polícia Civil de Maracaju, onde o homem permaneceu à disposição da Polícia Judiciária, após a ação que ocorreu em virtude da Operação Hórus, parceria da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública com o Ministério da Justiça e Segurança Pública.

Comentários