A Fundação de Turismo (Fundtur) divulgou o cronograma de pagamento aos beneficiários do programa “Incentiva+MS Turismo” e informa que todos são feitos no mesmo período. Segundo a Fundação, alguns pagamentos tiveram devoluções por ocorrência de inconsistência de dados bancários, entre eles contas inativas, encerradas, bloqueadas ou sem movimento, ou conta física para CNPJ e jurídica para CPF.

Para resolver o problema a Fundtur montou  uma “força-tarefa” e está entrando em contato de forma individual com os beneficiários. “Todo esforço está sendo feito para resolver o impasse e assim que a questão estiver regularizada efetuar o pagamento”, destacou o diretor-presidente da Fundtur, Bruno Wendling.

Já em relação a segunda parcela aos que estão com o cadastro regular, que já receberam a primeira parcela, eles devem receber o auxílio financeiro até o dia 10 de novembro. Já a 3° parcela estará à disposição entre os dias 15 a 20 deste mês.

Os beneficiários que não receberam nenhuma das parcelas do programa em função dos problemas no cadastro, vão poder receber os dois primeiros pagamentos juntos até o dia 10 de novembro, mas para isso precisam regularizar as suas contas bancárias.

“Este programa de ajuda aos profissionais do turismo partiu do Governo do Estado, inclusive Mato Grosso do Sul tem o maior auxílio financeiro para categoria do País e se trata de uma das pontas para a retomada das atividades depois da pandemia. Ainda dispomos de outras medidas como isenção do ICMS e IPVA para bares e restaurantes”, descreveu Wendling.

O programa “Incentiva+MS Turismo” concede apoio financeiro emergencial, no valor de R$ 1 mil, em seis parcelas, para guias de turismo, microempreendedores individuais e microempresas do setor turístico, com a intenção de ajudar os profissionais do setor que foram prejudicados durante a pandemia.

Fonte: Ascom Fundetur Gov MS

Comentários