João Henrique apresentou o projeto de lei durante sessão remota de hoje. Wagner Guimarães

Projeto de lei apresentado nesta terça-feira (4) quer tornar obrigatória a inclusão da detecção da Covid-19 em todas as amostras de doações de sangue nas unidades hemoterápicas, no âmbito do Estado de Mato Grosso do Sul.

Atualmente, no Hemosul de Campo Grande são feitos os testes de tipagem sanguínea, sorologia para hepatites B e C, doença de chagas, sífilis, HIV/Aids e HTLV. Saiba os critérios para doar em: hemosul.ms.gov.br.

A proposta 147/2020 é de autoria do deputado João Henrique (PL) e, se aprovada, determinará o envio dos resultados para os doadores de forma sigilosa, preferencialmente por meio eletrônico.

“A pandemia da Covid-19 resultou em baixos estoques de sangue no Estado de Mato Grosso do Sul, então essa proposta visa contribuir com a solução de dois desafios atuais, aumentar o número de doadores de sangue e a quantidade de pessoas testadas para o novo coronavírus”, justificou o deputado.  O projeto segue para análise da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR).

Comentários