30.8 C
Campo Grande
quinta-feira, 18 de julho, 2024
spot_img

Domingão: dois morrem e adolescente fica ferido em execução por pistoleiros em bairro de Campo Grande

Campo Grande a cada dia mais tem uma violência que parecia ser somente na fronteira de Mato Grosso do Sul ou grandes centros com milícias e trafico de drogas. Neste domingo (17), mais uma execução por pistoleiros aconteceu na Capital, tendo dois alvos mortos e ainda um adolescente ficando ferido. Os dois homens foram executados a tiros quando estavam em frente a uma casa no Jardim Centro-Oeste, região sul da cidade.

Conforme registros policial, as vítimas foram identificadas como Júlio César de Andrade Porto, 22 anos, e Alex Sandro do Nascimento Campos, de 34. O adolescente era de 17 anos, que também foi baleado, na perna. Ele é irmão e amigo dos mortos.

Os homens estavam sentados em frente a casa de um deles, na Rua Maria de Lourdes Vieira de Matos, cruzamento com a Rua Catiguá, quando dupla de moto chegou no local por volta das 21 horas. Na sequência, os dois autores passaram a disparar contra as vítimas dezenas de vezes.

Alex Sandro foi ferido por vários tiros e levado para a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do Bairro Moreninhas, onde não resistiu e morreu. Já Júlio César foi socorrido, levado em estado grave para a Santa Casa, onde a morte foi confirmada no início da manhã desta segunda-feira (18).

Alta violência

No local, a Polícia Civil e peritos apreenderam 29 munições de calibre 9 milímetros intactas e 18 cápsulas deflagradas do mesmo calibre. O GOI (Grupo de Operações e Investigações) já faz buscas pelos autores do crime.

A sensação na região é de muita insegurança após a dupla execução. “Aqui é bastante perigoso e todo mundo está muito assustando com o que aconteceu. O pessoal não quer nem mais sair de casa a noite”, disse uma moradora, que tem medo de ter o nome divulgado

Fale com a Redação