Foto: Prefeitura de Dourados

A cidade de Dourados ganhou destaque nacional por promover uma parceria inedita com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA) e a empresa JBS, uma das principais no segmento frigorifico do País. Conforme o acordo de cooperação técnica, será aumentado o número de inspetores sanitários na planta da Seara, localizada naquele município, por meio da Prefeitura. O ato foi formalizado na quinta-feira (12) pelo prefeito Alan Guedes e executivos da indústria.

Para o gestor, dar este incentivo à indústria alimentícia instalada em Dourados traz muitos benefícios. “É um pequeno custo para a administração pública, mas que tem um retorno muito grande em oportunidades de trabalho. A JBS tem um grande plano de expansão para Dourados e, como poder público, é nosso dever garantir que haja inspeção sanitária para não atrasar o processo produtivo”, explicou Guedes.

Já o secretário municipal de Agricultura Familiar, Ademar Roque Zanatta, apontou que há uma escassez de profissionais no corpo do Mapa e que, por isso, o acordo é tão importante. “É algo inédito para Dourados e que chama a atenção a nível estadual e nacional, por ser relativamente novo. São dois novos profissionais que passam a atuar na planta. Se o ministério não tem condições de fiscalizar, impede o crescimento e o serviço não sai da forma adequada”, completou.

Segundos os executivos da empresa, somente nos últimos três anos, foram investidos cerca de R$ 5 bilhões na produção a nível nacional. A expectativa é gerar mais 2 mil empregos no próximo biênio em Dourados, chegando a 7 mil empregos diretos.

Representaram a JBS no encontro o presidente da Divisão de Negócios da multinacional, João Francisco Almeida; o diretor de Recursos Humanos, Fernandes Nunes Melo; o relações Institucionais, José Antônio Monteiro Tavares, e o gerente da unidade Dourados, Dirceu Roch. Por vídeo, participou a chefe do Sipoa (Serviços de Inspeção de Produtos de Origem Animal) do Mapa, Régia Vilaça de Paula Queiroz.

Comentários