Policiais do Setor de Investigações Gerais (SIG) da Polícia Civil e do Setor de Inteligência da Polícia Militar fizeram a apreensão de 980 quilos maconha que estava escondida em uma edícula, aos fundos de uma igreja, no bairro jardim Novo Horizonte, em Dourados.

Edícula aos fundos de igreja era utilizada como entreposto de drogas em Dourados

O local, segundo a polícia, era utilizado como entreposto do tráfico, para  distribuição para outras regiões do país. Alguns tabletes da droga estavam na varanda da residência, outros no interior, inclusive haviam 40 quilos do ilícito já embalados.

Até dentro de geladeira foram achados os tabletes.

Além da maconha, havia também skunk, a super maconha. A droga era marcada com adesivos do super-herói Huck e Marinheiro Popeye.

Edícula aos fundos de igreja era utilizada como entreposto de drogas em Dourados

Chamou a atenção dos policiais civis e militares o fato de o imóvel onde era armazenada a droga, estar localizado em uma área totalmente habitada e, sobretudo, por estar situado aos fundos de uma igreja, o que, segundo imaginaram os traficantes, chamaria menos atenção das forças de segurança.

A apreensão

Quando os policiais chegaram no imóvel, os traficantes não estavam no local, sendo encontrado o portão da casa aberto. Segundo informações, a residência já vinha sendo monitorada a dias.

Minutos depois, enquanto os policiais coletavam a droga para transportar, dois desconhecidos apareceram na casa. Ao perceber a presença dos policiais, os suspeitos fugiram do local a pé, deixando para trás o carro modelo Fiesta em frente a suposta igreja. 

A dupla já foi identificada e deve ser presas nas próximas horas.

Comentários