Ao participar, nesta quinta-feira (17), da inauguração da indústria de bolsas de couro Zanir Furtado, no município de Rio Negro (MS), o diretor-regional do Senai, Rodolpho Caesar Mangialardo, disponibilizou todo o apoio para ajudar a empresa em qualificação profissional e consultorias para redução de despesas e aumento de produtividade e competitividade.

“Num momento de pandemia como estamos vivendo, com incertezas sobre de que forma vamos terminar o ano, aproveito para parabenizar a empresária Zanir Furtado pela coragem de empreender e aproveito para dizer que o Senai está de portas abertas para parcerias para qualificação de mão de obra e também para consultorias que ajudem a melhorar a competitividade da empresa”, afirmou Rodolpho Mangialardo.

Sobre o investimento

A indústria Zanir Furtado é a primeira de bolsas de couro em Mato Grosso do Sul. O investimento para transformar o empreendimento em realidade soma R$ 1 milhão e até o momento são 15 empregos diretos gerados, com expectativa de chegar a 150 postos de trabalho em três anos de produção.

A empresária Zanir Furtado, que empresta o nome à marca, é nascida no município e viu no sonho de produzir bolsas de couro que valorizem a beleza da natureza a chance de transformar a realidade. “Queremos que as pessoas se sintam parte deste produto, para que ele tenha a alma do trabalhador de Mato Grosso do Sul e que contribua para divulgar ao mundo as belezas que temos ao nosso alcance”, afirma.

Comentários