Divulgação

Campanha “Do Mesmo Sangue” inicia pintura da arara vermelha na segunda-feira (17)

A participação popular é determinante para o sucesso da campanha “Do Mesmo Sangue”, iniciativa inédita promovida pelo Sicredi em parceria com o Hemosul e Sectur e apoio da Prefeitura de Campo Grande e SES/MS e que alia doação de sangue à restauração de um dos principais pontos turísticos da Capital, o Monumento das Araras.

Lançada no último dia 5 de agosto, a campanha tem o objetivo de arrecadar 5 mil bolsas de sangue e a cada 1 mil bolsas, uma parte da arara vermelha, que foi pintada de branco em 31 de julho, ganhará cor.

Em menos de 10 dias, a primeira parte da meta da iniciativa, que conta com 5 etapas foi alcançada e as primeiras 1 mil bolsas de sangue foram arrecadadas.

“É uma satisfação muito grande perceber o quanto o campo-grandense se engajou nesta ação tão importante. Sabemos que devido a pandemia, a demanda por doações de sangue aumenta muito e ficamos felizes em incentivar essa corrente do bem, que estimula a doação e a restauração de um monumento da nossa cidade”, avalia Celso Ramos Regis, presidente do Sicredi União, MS/TO e Oeste da Bahia.

A campanha apresentou resposta imediata e a população mostrou que é solidária, como destaca a coordenadora do Hemocentro, Marli Vavas.

“Confirmamos por meio desta ação a solidariedade da população, que sempre que solicitada nos atende prontamente para ajudar ao próximo. A resposta foi muito boa e é muito positivo saber que temos pessoas solidárias. Isso nos deixa muito felizes”, avalia. Marli ainda completa que os estoques estavam muitos baixos e esse início de campanha já regularizando a situação, por isso o engajamento para as próximas etapas é fundamental.

Solidariedade e amor à arte – Doadora de sangue regular durante muito tempo, a autônoma Viviane Fernandes de Aquino suspendeu as doações devido a uma cirurgia e quando soube da campanha, se sentiu estimulada a voltar.

“A arara tem um significado muito importante para Campo Grande e quando a vi pintada de branco e o contexto da campanha, percebi que estava na hora de voltar a doar sangue. Agendei a doação por whatsapp e foi tudo muito rápido e organizado. Agora, quando a arara for pintada de vermelho novamente, saberei que tem parte do meu sangue ali”, relata a doadora.

Superando o medo e motivada pela solidariedade, a gerente de Gestão de Pessoas do Sicredi, Thais Helena de Castro também tem sua participação na iniciativa.

“Essa ação fantástica da nossa cooperativa proporcionou que eu doasse sangue pela primeira vez, superando aquele medo de iniciante. Me fez enxergar que o objetivo de se doar ao próximo e praticar empatia é muito mais importante e com isso, o processo de doação se tornou algo leve. Além disso, a ação contagia pelo exemplo, gerando engajamento de todos os colegas. Foi uma experiência fantástica”, detalha.

O Monumento das Araras foi criado em 1996 pelo artista plástico Cleir, que ficará responsável pela pintura da arara. A primeira etapa da restauração da cor da ave ocorre na próxima segunda-feira (17), às 9 horas.

As doações de sangue podem ser realizadas diretamente no Hemosul da Capital, localizado na Avenida Fernando Corrêa da Costa, 1304 e nas unidades de coleta no estado, Dourados, Ponta Porã, Três Lagoas, Paranaíba e Coxim.

Devido a pandemia de Covid-19, as doações podem ser agendadas, evitando aglomerações. Vale lembrar que o Hemosul toma todas as medidas de segurança para a doação. Mais informações e agendamentos pelo (67) 3312-1516, 1529 ou whatsapp 99298-6316.

Comentários