Semeadura de soja. (Foto: Aprosoja/Divulgação)

Comece a escrever ou digite / para escolher um bloco

A partir desta quinta-feira (16) fica liberada a semeadura de soja em Mato Grosso do Sul. Segundo Portaria, divulgada pelo Mapa – Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a permissão para o plantio segue normalmente, como nas safras anteriores, encerrando a janela no dia 31 de dezembro, deste ano.

Em divulgação anterior, o Mapa chegou a estender o período de plantio até fevereiro de 2021, mas o prazo foi questionado pelo Governo de MS, por meio da Iagro – Agência Estadual de Defesa Sanitária Animal e Vegetal e pela Aprosoja/MS – Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso do Sul, uma vez que a medida aumentava o risco de proliferação da ferrugem asiática, principal doença da cultura.

A própria Embrapa não aprovou a extensão do período de semeadura, alegando risco para proliferação de pragas e doenças, além de torná-los mais resistentes aos defensivos agrícolas, o que representaria uma alerta para o aumento dos custos e perdas na produtividade.

De acordo com o presidente da Aprosoja/MS, André Dobashi, os meses de outubro e novembro, geralmente são os melhores para cultivo da soja no país. “Aqui em Mato Grosso do Sul, na maioria das safras, o clima costuma contribuir exatamente nesses meses. Mas é claro que o agricultor deve ficar atento às previsões e aos volumes de chuvas que se concretizam, antes de entrar com as plantadeiras em campo”, recomenda Dobashi.

O presidente da Aprosoja/MS ainda ressalta que os agricultores do estado precisam se atentar aos prazos para cadastro das áreas que serão direcionadas ao cultivo de soja, junto à Iagro.

Serviço

O cadastro deve ser feito até o dia 10 de janeiro de 2022, pelo site: http://www.servicos.iagro.ms.gov.br/plantio.

Comentários