28.8 C
Campo Grande
segunda-feira, 17 de junho, 2024
spot_img

Em operação contra furto de gados, polícia descobre ‘cemitério’ de animais

Um verdadeiro cemitério de animais foi descoberto pela polícia na manhã desta terça-feira (31), em Brasilândia, no curso de uma investigação contra o furto de gados e abatimentos dos mesmos.

De acordo com a Políia Civil, uma operação foi desencadeada nas primeiras horas do dia para cumprir dois mandados de busca e apreensão domiciliar e um de apreensão de veículo supostamente usado no transporte de rezes abatidas.

Em um dos endereços foi apreendido um revólver calibre .38 SPL, que estava devidamente registrada, mas foi aprendida para exame pericial para apurar se foi utilizada recentemente no abate e furto de bovinos.

O investigado é CAC (caçador/colecionador/atirador) e a polícia investiga se ele usava desta prerrogativa sob pretexto de caça de espécies invasoras para abate de bovinos. No local ainda foi verificada a existência de grande quantidade de carne sem procedência.

Em operação contra furto de gados, polícia descobre 'cemitério' de animais
Revólver e dinheiro apreendido na casa de suspeito (Foto: PCMS)

Em outro endereço, uma propriedade rural, os policiais apreenderam munições de calibre .38 SPL e valores em dinheiro. Segundo a investigação, essas munições eram de origem ilícita e por isso o morador foi autuado em flagrante delito por posse de munição de uso permitido.

Na casa, também havia grande quantidade de carne bovina sem procedência estocada em um freezer. Além disso, uma espécie de cemitério contendo ossadas e carcaças de aproximadamente 25 bovinos, boa parte delas com indícios de abate por disparo de arma de fogo, foi descoberto no local.

A Polícia Civil detalhou que a operação deflagrada hoje é a fase ostensiva de uma investigação sobre uma tentativa de roubo de gado ocorrida no município de Brasilândia no mês de dezembro de 2022. Agora, é apurada a participação dos suspeitos em outros furtos e abates de bovinos.

Sobre o cemitério encontrado, os indícios apontam que os animais mortos podem não ter sido abatidos na propriedade de forma convencional e sim clandestinamente por disparo de arma de fogo.

A Polícia Civil de Brasilândia reforçou que quem tenha informações sobre crimes de furto de gado, posse de armas ilegais ou outras infrações penais que denuncie anonimamente por meio do WhatsApp pelos telefones: (67) 99919-5990 ou (67) 99987-9169. O sigilo é absoluto.

Fale com a Redação