Tendo em vista o agravamento da pandemia de Covid-19 em Mato Grosso do Sul, com a taxa de ocupação global de leitos de UTI/SUS acima de 90% em todas as macrorregiões de saúde, o Comitê do Prosseguir (Programa de Saúde e Segurança na Economia) está reunido extraordinariamente na noite desta quarta-feira (9) para avaliar a situação epidemiológica dos municípios e definir a reclassificação do bandeiramento no Estado.

Em reunião extraordinária, Prosseguir define nova classificação de risco da Covid

Para esta quinta-feira (10 de junho), a classificação dos municípios segue determinação do 48º relatório situacional do Prosseguir, referente à 22ª semana epidemiológica. Confira.

Campo Grande segue em bandeira vermelha, assim como Três Lagoas, a terceira maior cidade em população, Corumbá, e Ponta Porã. Dourados que está em lockdown desde 30 de maio, até o dia 12 de junho, saiu da bandeira cinza para vermelha.

Um novo relatório situacional com validade a partir de sexta-feira (11 de junho) será publicado amanhã (10 de junho).

O programa “Prosseguir” foi criado para avaliar e classificar os municípios em faixas de cores, de acordo com o grau de risco que cada cidade apresenta (de baixo a extremo), a fim de nortear os agentes da sociedade, principalmente entes públicos, a tomarem suas decisões e tornarem suas ações mais eficientes no combate à propagação e aos impactos da Covid-19.

Para definir a bandeira de cada cidade são levados em conta uma série de indicadores, entre eles disponibilidade de leitos de UTI, quantidade de equipamentos de proteção individual, contato com casos confirmados, redução da mortalidade em relação a covid-19, disponibilidade de testes, redução de novos casos, ocorrências da doença entre profissionais de saúde e incidência do vírus na população indígena, entre outros fatores.

Comentários