19.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 19 de julho, 2024
spot_img

Em último no Brasileirão, Fluminense demite o treinador Fernando Diniz

O Fluminense demitiu o treinador Fernando Diniz nessa segunda-feira (24). Ele não resistiu aos resultados ruins neste início do Campeonato Brasileiro.

Essa foi a segunda passagem do profissional pelo Tricolor das Laranjeiras, que ficou marcada também por intercalar com o comando da Seleção Brasileira em 2023.

No Brasileirão, dos 11 jogos disputados, o time venceu somente uma partida, tendo três empates e sete derrotas. É o pior início tricolor na história dos pontos corridos. 

Com ele no comando, o Fluminense venceu o Campeonato Carioca, Libertadores e a Recopa Sul-Americana.

No dia 22 de maio, a diretoria tricolor havia renovado o contrato de Diniz até dezembro de 2025. A multa rescisória é de R$ 7 milhões.

O auxiliar Marcão vai comandar o Tricolor na partida contra o Vitória, na quinta-feira (27), no Maracanã. O time é o último colocado, com apenas seis pontos.

Cuca demitido

Mais cedo, o Athletico também anunciou a demissão do treinador Cuca. Ele estava sendo criticado pelos torcedores ante aos resultados ruins no Campeonato Brasileiro.

No domingo (23) empatou por 1 a 1 com o Corinthians em casa. No final, no vestiário, anunciou aos jogadores que iria pedir demissão.

Torcedor declarado do Athletico, Cuca comandou o time por 23 jogos e teve o aproveitamento de 66% dos pontos disputados, além da conquista do Paranaense.

Foram 14 vitórias, quatro empates e cinco derrotas, algumas delas consideradas inacreditáveis, como para Danubio e Sportivo Ameliano, pela Copa Sul-Americana.

Fale com a Redação