A Polícia Militar Ambiental (PMA) de Dourados autuou empresa arrendatária de usina sucroenergética em R$ 151 mil por incêndio em lavoura de cana sem autorização ambiental.

Os policiais foram foram acionados pelo Corpo de Bombeiros daquela cidade, às 22h40 de ontem (31), relatando um incêndio em uma área plantada de cana-de-açúcar no município, localizada à margem da BR 463, a 35 km da cidade.

No local, foi verificado que o fogo estava muito intenso e que havia aceiros confeccionados pela empresa, porém, não havia nenhum funcionário nem para monitoramento do incêndio.

Depois da extinção do incêndio, os policiais realizaram levantamentos com uso de GPS, neste sábado (1º), constatando 151 hectares de área incendiada.

A empresa arrendatária da propriedade e dona da cana-de-açúcar queimada não possuía autorização do órgão ambiental para realizar o processo de queima.

A infratora, com domicílio jurídico no município de Dourados, foi autuada administrativamente e multada em R$ 151 mil.

Comentários