O Serviço Social da Indústria (SESI) está com matrículas abertas para o ano letivo de 2022. Em Mato Grosso do Sul, são sete escolas atendendo nas cidades de Campo Grande, Aparecida do Taboado, Corumbá, Dourados, Naviraí, Maracaju e Três Lagoas. O ensino do SESI é referência nacional em educação e no preparo dos estudantes para os desafios do mundo do trabalho. 

Não perca essa oportunidade de começar o seu futuro! No portal SESI é possível procurar a unidade mais próxima para consultar a disponibilidade de vagas na sua cidade. 

Mas antes, confira sete motivos que vão mostrar por que você deve garantir a sua matrícula. 

1. Metodologia STEAM 

As escolas do SESI adotam currículos inovadores com foco na educação STEAM, que integra os conhecimentos de ciências, tecnologia, engenharia, artes e matemática. Essa metodologia proporciona uma visão mais abrangente e integrada sobre o que é ensinado na sala de aula e permite que os estudantes desenvolvam suas habilidades cognitivas e de relacionamento e saiam mais preparados para enfrentar desafios. 

2. Estrutura de qualidade 

As unidades escolares SESI oferecem estruturas modernas e tecnológicas, que possibilitam aos alunos o desenvolvimento de projetos inovadores e criativos.  

Para alinhar ainda mais os espaços de aprendizagem com o projeto pedagógico da rede, as escolas serão modernizadas por meio da iniciativa Escola SESI de Referência, onde as salas tradicionais darão lugar às salas ambientes. Organizadas por áreas de conhecimento, elas contribuem para o protagonismo dos alunos e proporcionam novas experiências. 

Escola SESI aponta sete motivos para estudar na unidade da Instituição

Além disso, as unidades terão ainda salas de criação maker e criação de robótica. A primeira, possibilita a experimentação, a autoexpressão e desperta o espírito inventivo. Já a segunda, abre espaço para descobertas e construções inovadoras. Além disso, a robótica educacional já é adotada em sala de aula pelo SESI desde 2006. 

Esses ambientes, assim como os demais, irão inspirar o aluno com a estética e funcionalidades diferentes do comum.

3. Tecnologias Educacionais  

O SESI conta com ferramentas e plataformas educacionais inovadoras que complementam o processo de ensino e aprendizagem em sala de aula. Jogos, programação, robótica, simuladores, entre outras tecnologias são aliados da rede para promover uma educação que prepare os alunos para os desafios da atualidade. 

4. Acompanha as mudanças 

O SESI é um dos pioneiros na implementação do Novo Ensino Médio, por meio da introdução de um currículo organizado por áreas de conhecimento e não por disciplina, o qual dialoga com a realidade dos estudantes e foca na inserção desses jovens ao mercado de trabalho. 

Outro destaque do SESI é a implementação da Nova EJA. Norteada pelo reconhecimento de saberes, esse modelo educacional valoriza as competências e habilidades adquiridas pelo estudante ao longo da vida. Na prática, é a otimização do tempo de formação do aluno. 

5. Reconhecimento dentro e fora do Brasil 

Algumas unidades do SESI foram listadas entre as 20 mais inovadoras do país, como as escolas internacionais de Curitiba, Londrina e Cascavel. O reconhecimento é dado pela Microsoft por meio do selo Showcase Schools. Para obter a certificação, as unidades utilizam ferramentas do Office para educação, aliadas a metodologias diferenciadas de aprendizagem. 

Um estudo apresentado pelo Insper também revelou que estudantes no 5º ano do ensino fundamental estão na média da rede federal e superior aos jovens de escolas municipais, estaduais e privadas. Além disso, os alunos do SESI têm os melhores desempenhos no Sistema de Avaliação da Educação Básica (Saeb).

Escola SESI aponta sete motivos para estudar na unidade da Instituição

6. Sistema autoral de ensino 

A rede SESI possui material didático próprio e autoral. Alinhado à Base Nacional Comum Curricular (BNCC) e às diretrizes do Novo Ensino Médio, o material foi elaborado de maneira colaborativa, com mais de 100 professores representantes das cinco regiões do país. 

A iniciativa, pioneira no Brasil, permite o constante aprimoramento do conteúdo com base nas experiências e nos feedbacks dos docentes que utilizam o material em sala de aula. Dessa forma, amplia-se a conexão entre a teoria e a prática. 

7. Professores de excelência 

O corpo docente do SESI destaca-se pela sua excelência. Os dados divulgados por meio da pesquisa “Os professores da rede SESI de ensino: perfil atual e possibilidades de aperfeiçoamento”, divulgada em 2017, apontam que 97% dos educadores da rede realizaram a graduação na modalidade presencial, 6% têm título de mestrado, 73% cursaram pós-graduação lato sensu e 94% participaram de alguma atividade de desenvolvimento profissional. 

Além disso, em 2022, o SESI começará a implementação do Programa de Especialização Docente (PED Brasil). O curso de pós-graduação será ofertado a partir de 2023, em parceria com a Universidade de Stanford e o Instituto Canoa, é mais uma iniciativa da rede para aprimorar o desenvolvimento profissional dos seus docentes. 

Fonte: Ascom Fiems / Sesi

Comentários