O prazo foi acordado em reunião com o Procon Municipal, Orgãos judiciais e sindicato da categoria

17/04/2020 15h10
Por: Suelen Morales

Os representantes das escolas particulares de Campo Grande devem apresentar no dia 22 de abril (quarta-feira), uma proposta de flexibilização dos valores pagos à título de mensalidade para pais que estejam com dificuldade de arcar com o contrato. O acordo foi feito nesta semana com o Procon Municipal de Campo Grande.

Durante a reunião foram apresentadas estratégias para se chegar a um termo comum, tendo sido abordadas as dificuldades do setor de educação, havendo discussão sobre a possibilidade de uma flexibilização no pagamento das parcelas, que compõe a anuidade, para os pais dos alunos.

Participaram da reunião, o Ministério Público de Mato Grosso do Sul, Defensoria Pública de Mato Grosso do Sul, Procon Campo Grande, Procon Estadual, Sintrae (Sindicato dos Trabalhadores em estabelecimento de Ensino no MS) e Sinepe (Sindicato dos Estabelecimentos de ensino de MS).

O Ministério Público de Mato Grosso do Sul, Defensoria Pública, Procon Campo Grande, Procon Estadual buscam bom senso na composição visando minimizar os danos para os envolvidos, havendo grande preocupação pela manutenção do emprego dos trabalhadores em educação e a manutenção da qualidade da educação estudantil

Divulgação/Facebook

Comentários