Arvense/Divulgação

Reunião entre órgãos da prefeitura e Ministério Público na tarde de hoje (3), na Procuradoria Geral do Estado, no Parque dos Poderes, definiu o retorno crianças de 0 a 7 anos, do berçário à Educação Infantil, a partir do dia 21 de setembro, caso as taxas de ocupação de leitos de UTI continuem menores que 85%.

A prefeitura irá publicar até o próximo dia 11, decreto estabelecendo regras de biossegurança para a volta às aulas presenciais. Dentre as regras, ficou estabelecido que poderá as turmas funcionarão com apenas 30% da capacidade, além de ser facultativo o retorno do aluno.

Em números, representaria o retorno de 1.800 crianças, segundo o presidente da Associação de Instituições de Ensino Particulares de Campo Grande, Lúcio Rodrigues Neto.

Caberá ainda ao município a fiscalização do cumprimento do decreto, devendo ser realizada a cada três dias.

Já o retorno as aulas do Ensino Fundamental e Médio será discutido em nova reunião, agendada para o dia 8.

Comentários