Especialista alerta para uso indevido de medicamento para afinar nariz. (Foto/Divulgação)

Não há evidência científica de que o medicamento produza o efeito

Dentre os vídeos de uma famosa rede social, um tipo em especial tem se popularizado: pessoas usando indevidamente o medicamento isotretinoína com intuito de afinar o nariz. A substância, no entanto, é prescrita para o tratamento de acne, uma vez que diminui a produção das glândulas sebáceas. Médicos dermatologistas estão alertando a população sobre o perigo do procedimento.

“Temos visto aí cenas de antes e depois após o uso do remédio, que é mais conhecido pelo seu nome comercial como roacutan. Esse tratamento, que é prescrito por médico dermatologista, tem seu uso principal indicado para o controle da acne, com riscos à saúde para quem o utiliza indevidamente”, avisa a professora do curso de Medicina da Uniderp, médica dermatologista Jessica Mustafa.

A Sociedade Brasileira de Dermatologia emitiu alerta declarando que não há qualquer evidência científica de que o medicamento produza o efeito. “No caso da doença rinofima, também conhecida como rosácea, em que o remédio é prescrito para o tratamento, pode ocorrer afinamento do nariz como resultado da redução das glândulas sebáceas. Não há como afirmar que o mesmo efeito ocorra em outras situações”, esclarece a médica.

“A anatomia do nariz está relacionada à genética da pessoa, então, não podemos relacionar o uso da isotretinoína como um agente que tenha capacidade de transformar a largura do nariz. O medicamento não tem essa finalidade e seu uso para esse fim não é recomendado e pode até trazer prejuízos à saúde”, alerta Jessica.

Para utilizar o remédio, o paciente precisa assinar um termo de responsabilidade de que irá seguir as orientações médicas, já que pode provocar danos no fígado e em caso de gravidez, há risco do bebê nascer com malformação. A compra do medicamento só pode ser feita mediante prescrição por meio de receituário do médico dermatologista.

Comentários