Comércio de Campo Grande (Foto: Arquivo/Fecomércio)

Novas regras passarão a vigorar a partir de domingo

O Governo do Mato Grosso do Sul divulgou na manhã desta sexta-feira (11), através de decreto publicado no Diário Oficial, que prorrogará para domingo (13) o início das medidas restritivas feitas devido a mudança para a bandeira cinza em 43 municípios, incluindo Campo Grande.

A mudança ocorreu após reunião extraordinária de membros do Programa Prosseguir (Programa da Saúde e Segurança da Economia), que reavaliaram a situação caótica da pandemia de coronavírus no Estado e realizaram alterações, impondo medidas mais enérgicas no combate durante as próximas semanas.

A notícia pegou muitas pessoas desprevenidas, principalmente setores como o comércio entre ele bares e restaurantes, que já haviam se preparado para uma das datas que mais movimenta estes setores.

Mediante a situação a Abrasel (Associação de Bares e Restaurantes) e CDL (Câmara de Dirigentes Lojistas) divulgaram nota na quinta-feira (10), reclamando por terem sido pegos de surpresa, o que causaria um tremendo prejuízo.

Atendendo aos pedidos, que também foram feitos pela Assomasul (Associação dos Municípios de Mato Grosso do Sul), o Estado acatou a solicitação modificando a data, passando a vigorar somente no próximo Domingo.

Dessa maneira, ficam valendo para sexta e sábado as medidas divulgadas no início da semana, onde cada cidade deve seguir as restrições de cada bandeira, toque de recolher: cinza (20h), vermelho e laranja (21h), amarelo (22h).

Veja o que funciona nesta sexta-feira e sábado:

Comércio: O início das restrições mais rígidas começam no domingo, porém, é importante observar o horário do toque de recolher em cada município para verificar até qual horário os estabelecimentos podem funcionar. Em Campo Grande, o fechamento deve ocorrer às 21h n esta sexta e sábado.

Shoppings: Assim como o comércio, os centros comerciais também podem funcionar até o horário do toque de recolher. Além disso, em Campo Grande, devem observar a lotação máxima de 50% da capacidade.

Bares e restaurantes: Muito procurados no Dia dos Namorados, esses estabelecimentos podem funcionar até amanhã com atendimento presencial, porém, observando o horário do toque de recolher, a limitação em 50% do público e todas as demais regras sanitárias vigentes. A partir de domingo, podem operar apenas no esquema de delivery.

Igrejas e templos: O início do bandeiramento cinza, no domingo, não afetará o funcionamento de atividades religiosas, que poderão continuar funcionando por se tratar de atividade essencial. Entretanto, até o sábado podem funcionar até às 21h, depois, somente até às 20h.

Academias: Locais destinados à prática de exercício físico podem funcionar mesmo com as medidas mais rígidas, desde que estejam em acordo com as normas sanitárias.

Bancos e cartórios: Esses serviços funcionam normalmente nesta sexta-feira, mas não devem abrir para atendimento no sábado – apenas caixas eletrônicos. Mas estão liberados para funcionarem dentro das regras de biossegurança e voltam a abrir a partir de segunda-feira.

Saúde: odontologia, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, psicólogos e fonoaudiólogos podem atender normalmente até o sábado (12). A partir de domingo, os atendimentos devem ser remotos, com exceção a casos de urgência, emergência ou de quem necessite de atendimento especial e contínuo.

Supermercados: Podem funcionar normalmente, mesmo após o domingo (13).

Lotéricas: Abrem normalmente nesta sexta-feira e no sábado (12). A partir de domingo, podem funcionar conforme o horário normal de atendimento, sempre respeitando os protocolos de biossegurança.

Comentários