(Foto: Edemir Rodrigues)

O Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) emitiu alertas de perigo potencial de tempestade acompanhados por queda da temperatura para grande parte dos municípios de Mato Grosso do Sul, nesta sexta-feira. Campo Grande está dentre as cidades sob alerta. Os avisos tem validade até às 10 horas deste sábado (18).

O Instituto prevê entre 50 e 100 milímetros de chuva por dia com ventos entre 60 e 100 km/h. Risco de corte de energia elétrica, estragos em plantações, queda de árvores e de alagamentos, além de queda de granizo.

Estão sob alerta as cidades de Amambai, Anastácio, Antônio João, Aquidauana, Aral Moreira, Água Clara, Anaurilândia, Angélica, Bandeirantes, Bataguassu, Batayporã, Brasilândia, Bela Vista, Bodoquena, Bonito, Campo Grande, Caarapó, Caracol, Camapuã, Corguinho, Coronel Sapucaia, Corumbá, Dourados, Deodápolis, Dois Irmãos do Buriti, Douradina, Eldorado e Fátima do Sul.

Também estão na relação os municípios de Glória de Dourados, Guia Lopes da Laguna, Iguatemi, Itaporã, Itaquiraí, Ivinhema, Japorã, Jardim, Juti, Jaraguari, Jateí, Laguna Carapã, Ladário, Maracaju, Miranda, Mundo Novo, Naviraí, Nioaque, Nova Alvorada do Sul, Nova Andradina, Novo Horizonte do Sul, Paranhos, Ponta Porã, Porto Murtinho, Ribas do Rio Pardo, Rio Brilhante, Rio Negro, Rio Verde de Mato Grosso, Rochedo, Sete Quedas, Santa Rita do Pardo, São Gabriel do Oeste, Sidrolândia, Tacuru, Taquarussu, Terenos, Três Lagoas e Vicentina.

Além da tempestade, frente fria deve derrubar as temperaturas em mais de 5º C. A previsão é de mínimas de 7°C na região sul do Estado. Em Campo Grande, a frente fria deve causar mínimas que podem chegar a 12°C no sábado (18). No domingo (19), as temperaturas podem começar a se elevar novamente.

Chuvas intensas

Ainda tem previsão de chuva intensa para os municípios de Alcinópolis, Aparecida do Taboado, Cassilândia, Chapadão do Sul, Costa Rica, Coxim, Figueirão, Inocência, Paraíso das Águas, Paranaíba, Pedro Gomes, Selvíria e Sonora. Nestes, é previsto chuva entre 20 e 30 mm/h ou até 50 mm/dia, ventos intensos (40-60 km/h).

Para as demais cidades no leste de Mato Grosso do Sul, segue com sem previsão de chuva e baixa umidade relativa do ar.

Recomendação

O órgão recomenda em caso de rajadas de ventos, que as pessoas não se abriguem debaixo de árvores e não estacionem veículos próximos a torres de transmissão e placas de propaganda. Se possível, é indicado que aparelhos elétricos e quadros de energia sejam desligados.

Caso haja algum problema, o órgão orienta que as pessoas entrem em contato com a Defesa Civil, por meio do número 199, e com o Corpo de Bombeiros, por meio do número 193.

Comentários