23.8 C
Campo Grande
segunda-feira, 17 de junho, 2024
spot_img

Estadual define finalistas neste domingo com dois classificados garantindo vaga na Copa do Brasil 2025

Os dois finalistas do Campeonato Sul-mato-grossense de Futebol serão conhecidos neste domingo (7), em jogos marcados para acontecerem em Dourados e Campo Grande, em hora simultânea, a partir da 15 horas. Os classificados até aqui foram DAC (Dourados Atlético Clube), Corumbaense, Portuguesa e Operário. Todos jogam pela classificação a final e também, dois deles, para garantir vaga na Copa do Brasil de 2025. 

A competição nacional é considerada a que rende maior premiação aos clubes desde a primeira fase, por isso, a participação nela garante um bom equilíbrio financeiro já no início da próxima temporada. 

No estádio Douradão, o DAC recebe o Corumbaense na tentativa de apagar a má impressão deixada na eliminação do ano passado para o Operário, na mesma sefinal. Na ocasião, o time jogou futebol abaixo do esperado e acabou eliminado. 

Para amanhã, tanto o Dourados, quanto o time de Corumbá, precisam da vitória para avançar. O primeiro duelo entre os dois clubes terminou empatado sem gols na semana passada e nova igualdade leva a definição para os pênaltis. 

Na Capital – Galo x Portuguesa

Já no estádio Jaques da Luz, em Campo Grande, o Galo tem vantagem diante da Portuguesa por ter superado o rival em Sidrolândia por 3 a 2. Um empate garante o time da Capital na final. 

Para ficar com a vaga, a Lusa de MS precisa superar o adversário por dois ou mais gols. Vitória com diferença mínima leva a decisão para as penalidades. 

Arbitragem

Comissão de Arbitragem da FFMS (Federação de Futebol de Mato Grosso do Sul) divulgou os árbitros para atuarem nos dois jogos. 

Em Campo Grande, Marcos Mateus Pereira, comanda a partida, tendo como assistentes nas laterais Elita Maria da Silva e Marcos dos Santos Brito, todos do quadro da CBF. 

No estádio Douradão, a arbitragem será de Paulo Henrique Vollkopf, auxiliado pelos assistentes Marcelo Grando e Diego dos Santos Ruberdo, os três também da CBF.

Fale com a Redação