14.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 12 de julho, 2024
spot_img

Estudantes da Capital tem até domingo para requerer passe 2024

Os estudantes de Campo Grande que utilizam o transporte coletivo para ir a escola, deve saber que todo ano necessita renovar a concessão do eu ‘passe do estudante’. E quem ainda não o fez, tem o prazo indo ao fim, para solicitar o passe gratuito. O pedido se encerrará neste domingo (14), para a primeira remessa, cuja entrega está programada para o dia 01 de fevereiro, antes do inicio das aulas na maioria dos casos, seja rede pública ou privada. Para quem irá pedir pela primeira vez, veja abaixo, regras a seguir.

O processo de cadastramento é realizado em  https://passe.campogrande.ms.gov.br/, agora, ou para a segunda remessa, cujo o cadastro estará aberto de 15 a 28 de janeiro, com entrega prevista para 12 de fevereiro. Já a solicitação da terceira remessa pode ser feita entre os dias 29 de janeiro e 11 de fevereiro, com a entrega dos passes marcada para o dia 26 de fevereiro. As aulas na rede pública estão previstas para iniciar após dia 20 de fevereiro.

O estudante tem necessidade de inserir CPF e foto digital, seguindo as instruções indicadas. Alunos que não foram beneficiados em anos anteriores devem se dirigir pessoalmente a um terminal urbano de transbordo ou à Central de Atendimento do Consórcio Guaicurus, na Rua 25 de Dezembro, 924, 2º andar, Bairro Jardim dos Estados. Lá, é preciso realizar o pagamento no valor de três tarifas vigentes para iniciar a inscrição.

A Agência Municipal de Transporte e Trânsito (Agetran) destaca a importância de estar atento às datas, ressaltando que quanto antes o aluno realizar o cadastramento ou recadastramento, mais rápido terá o passe em mãos. Em 2023, 34 mil estudantes foram beneficiados com o passe.

Regras

Podem solicitar o passe do estudante alunos do 1º, 2º e 3º graus, cursos técnicos profissionalizantes de nível médio subsequente, do ensino das redes públicas e particulares, desde que estejam devidamente matriculados conforme a lei e residam a uma distância igual ou superior a 2 mil metros da unidade em que estão matriculados, seguindo o traçado das vias públicas.

O estudante tem o direito de optar por no máximo 6 linhas diferentes, que atendam ao itinerário residência/escola e escola/residência. São consideradas linhas os terminais e as estações de embarque rápido Peg Fácil.

O aluno tem direito a no máximo 2 viagens diárias para deslocamento residência/escola e escola/residência, entendendo-se como cada viagem um acesso ao bloqueio eletrônico, a catraca, existente no ônibus, terminal de transbordo e estações de embarque rápido Peg Fácil, sendo que um novo acesso ao bloqueio eletrônico somente será validado depois de decorridos, no mínimo, 30 minutos.

Estudantes da Capital tem até domingo para requerer passe 2024
Fale com a Redação