(Foto: enviada via WhatsApp redação)

A morte de um atingiu também um outro totalmente inocente no inicio da manhã desta sexta-feira (27), em plena Avenida das Bandeiras, no bairro Marcos Roberto/Jockey Club, região sul-central de Campo Grande. O dono de um lava-jato, identificado Luiz da Conceição Tiery, é que seria o alvo de execução encomenda em plena luz do dia e em uma das avenidas mais conhecidas e movimentadas perto do centro da Capital. Mas, um outro jovem homem que passava pelo local também morreu ao ser atingido pela salva de tiros contra o alvo.

Tiery, foi executado a tiros no inicio da manhã de hoje, por volta das 7hs, chegando a seu comercio na Avenida das Bandeiras esquina com a Rua Bom Sucesso. E no meio do caminho do crime, um eletricista de 33 anos, identificado como Adriano Medeiros Pereira, também morreu atingido pelos disparos, quando passava pela rua naquele momento errado.

O Corpo de Bombeiros chegou a ser acionado, mas as vítimas já estavam mortas no meio da Avenida, em horário de inicio de grande movimento. Equipes do GOI (Grupo de Operações e Investigações) foram acionadas para o local, onde obtiveram informações preliminares de que o atirador teria chegado antes das 7 horas fazendo disparos contra o dono do lava-jato, que estava em um veículo Ford Fusion.

Conforme dados da ocorrência, a vítima encomendada – Tiery – chegava ao local, saindo ainda do carro, quando os disparos começaram e ele foi atingida na cabeça.

Hora e local ‘errado’

Já o eletricista, identificado como Adriano Medeiros Pereira, estaria passando pelo local no momento, quando acabou atingido por um disparo embaixo da axila, derrapando a motocicleta que pilotava e caindo. O corpo estava a 60 metros de distância do dono do lava-jato. Pereira foi encontrado morto, ele ferido e ao ser atingido acidentalmente, a moto derrapou, ele caiu e também não resistiu ao ferimento.

E ainda, um funcionário do lava-jato que também entrava pra o serviço, manobrava um veículo Prisma, que também os tiros atingiram o carro, mas ele por sorte não se feriu. Ele foi quem relatou e será a princial testemunha do caso.

Ele contou que quando Luiz saiu do carro, foi atingido por um tiro na cabeça. A vítima tentou correr, mas caiu e morreu.

Comentários