28.8 C
Campo Grande
quarta-feira, 24 de julho, 2024
spot_img

Famílias campo-grandenses estão mais cautelosas, afirma CNC

A Intenção de Consumo das Famílias (ICF) de Campo Grande registrou recuo neste mês de junho, comparado a maio, ficando em 106,7 pontos ante os 108,7 do mês anterior, de acordo com pesquisa da Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC). É a terceira queda consecutiva.

Seis dos sete indicadores apurados apresentaram índice negativo. A pesquisa aponta que 53,6 % dos consumidores ouvidos estão mais seguros em relação à situação atual do emprego, e a maioria (62,9%) tem uma perspectiva profissional positiva para os próximos seis meses. Já em relação à renda atual, 56,3% afirmam que está igual ao ano passado, enquanto 38,2 % afirmam que está melhor.

“A pesquisa sinaliza uma cautela das famílias”, afirma a economista do Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS (IPF-MS), Regiane Dedé de Oliveira. A pesquisa sinaliza uma cautela das famílias, afirma a economista do Instituto de Pesquisa da Fecomércio MS (IPF-MS), Regiane Dedé de Oliveira, provavelmente motivada por questões econômicas que envolvem o  a preocupação com a alta no preço dos produtos, custo do dinheiro e redução no poder de compra.”

Pesquisa – A coleta dos dados é realizada sempre nos últimos dez dias do mês imediatamente anterior ao da divulgação da pesquisa. Confira a pesquisa ICF CG JUNHO (1)

Fale com a Redação