Confira as nove unidades de saúde que estarão disponíveis para se vacinar em Campo Grande

29/05/2020 09h45
Da redação

Neste sábado (30) e domingo (31), nove unidades de saúde de Campo Grande estarão de plantão para reforçar a vacinação contra a Gripe nos grupos elegíveis pelo Ministério da Saúde. A vacinação irá acontecer de 06h às 18h nos Centros Regionais de Saúde (CRSs) Coophavilla, Tiradentes, Nova Bahia e Aero Rancho e de 07h às 17h nas USFs e UBSs 26 de Agosto, Coronel Antonino, Albino Coimbra, Alves Pereira e Moreninha III.

Pessoas entre 20 e 49 anos também poderão se vacinar nas unidades contra o Sarampo. As demais vacinas do calendário não estarão disponívels.

O encerramento da Campanha Nacional de Vacinação Contra a Gripe está previsto para o dia 05 de junho.

Durante a semana, as doses estão disponíveis nas 71 unidades básicas e de saúde da família de Campo Grande.

Além das unidades, 17 farmácias credenciadas junto à Sesau continuarão atendendo, até o fim da campanha, exclusivamente, profissionais de saúde, idosos e professores. A relação dos estabelecimentos está disponível no site: http://www.campogrande.ms.gov.br/sesau/artigos/locais-de-vacinacao-campanha-contra-a-gripe-2020-idosos/

Imunização

Devido à pandemia do coronavírus (Covid-19), neste ano a campanha precisou ser dividida em etapas e feita de forma descentralizada. Na segunda-feira teve início a segunda etapa da terceira e última fase da campanha, que incluiu professores de escolas públicas e privadas, e adultos de 55 a 59 anos.

Conforme balanço parcial do Serviço de Imunização da Sesau, até o dia 22 de maio, 70,12% do grupo prioritário foi vacinado contra a influenza, o que corresponde a um total de 177.125 pessoas imunizadas. A meta é imunizar ao todo 252.612 pessoas, considerando todos os públicos preconizados pelo Ministério da Saude.

Quem deve se vacinar ?

Idosos (60 e + anos) e trabalhador da saúde. Forças de segurança e salvamento.

Portadores de doenças crônicas não transmissíveis e outras condições clínicas especiais, caminhoneiros, motoristas de transporte coletivo e portuários, população privada de liberdade, funcionários do sistema prisional, povos indigenas.

Crianças ( 6 meses a menores de 6 anos), gestantes, puerperas até 45 dias, e pessoa com deficiência.

Professores de escolas públicas e privadas e adultos de 55 a 59 anos de idade.

Divulgação

Comentários