19.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 19 de julho, 2024
spot_img

Fla vence Flu, mantém a liderança no Brasileirão e aumenta crise no rival

Em melhor momento, o Rubro-Negro prevaleceu sobre o rival em crise. O Flamengo foi superior na maior parte do clássico, mas só marcou no fim e venceu o Fluminense por 1 a 0, neste domingo, no Maracanã, pela 11ª rodada do Campeonato Brasileiro. Pedro decidiu para o líder Fla.

Com a vitória, o Flamengo se mantém na liderança do Brasileiro, agora com 24 pontos. O time de Tite, mesmo com desfalques pela Copa América e lesões, segura a bronca e mostra que é cada vez mais candidato ao título.

Agora, o Flamengo ostenta uma série de nove jogos de invencibilidade (oito vitórias e um empate) somando todos os torneios. A sequência contra o Fluminense também é positiva. São oito clássicos sem perder para o rival (quatro vitórias e quatro empates).

Já o Fluminense vê a crise aumentar. O sábado foi marcado por protestos da torcida. O time, com a derrota, continua na lanterna, com apenas seis pontos. São cinco jogos sem ganhar (quatro derrotas e um empate). A pressão para cima de Fernando Diniz vai aumentar.

Na próxima rodada, o Flamengo visita o Juventude, nesta quarta-feira, às 20h (horário de Brasília), no Alfredo Jaconi. Já o Fluminense recebe o Vitória, nesta quinta-feira, às 19h (de Brasília), no Maracanã.

O clássico entre Fluminense e Flamengo

O duelo começou equilibrado, com as duas equipes buscando pressionar a saída de bola rival. Contudo, com dificuldade para criar. O Fla, então, assumiu o controle do jogo. Aos 16, Ortiz lançou Wesley pela direita. Ele errou a finalização. Um minuto depois, Pedro pressionou Gabriel Pires na área. Lorran, então, tocou para o centroavante, que finalizou. Fábio salvou o Fluminense.

Aos 20, David Luiz deu um bolão para Bruno Henrique pela esquerda. Contudo, ele se enrolou com a bola e adiantou muito, permitindo a chegada de Fábio e perdendo grande oportunidade. O Fla falhou novamente na frente um minuto depois. Pedro interceptou lançamento de Fábio e deixou Lorran na boa. Entretanto, ele errou a finalização.

O Flamengo novamente perdeu excelente oportunidade. Aos 28, Gerson desarmou Gabriel Pires. Lorran, então, rolou para o volante, que desperdiçou a chance ao emendar por cima. O Rubro-Negro não conseguiu aproveitar momento e caiu de produção após a parada técnica, aos 30 minutos. O Fluminense parou de errar na saída de bola, mas não conseguiu ameaçar o rival.

O Fla voltou a criar aos 45 minutos. Lorran foi lançado pela direita e bateu. Fábio fez grande defesa e salvou o Fluminense novamente. Nos acréscimos, o Fla ficou na bronca com a arbitragem e pedindo pênalti de Ganso em David Luiz. O VAR não recomendou a revisão. O Tricolor Carioca, que não finalizou a gol no primeiro tempo, pôde comemorar o empate sem gols na etapa inicial.

Tite mudou no intervalo e colocou Léo Pereira no lugar de David Luiz, que sentiu dores no joelho direito. O Fla ameaçou logo no primeiro minuto. O Flu se atrapalhou, Lorran ficou com a bola e passou para Luiz Araújo. Ele chutou colocado, mas errou o alvo. Fábio foi providencial aos seis minutos. Ele cortou cruzamento de Lorran. No minuto seguinte, Bruno Henrique ganhou pela esquerda, mas mandou por cima.

Aos 17, Diniz fez três mudanças no Fluminense. Ele colocou Thiago Santos, Alexsander e Keno. Saíram Gabriel Pires, Cano e Renato Augusto. O Fluminense finalizou pela primeira vez no jogo aos 21 minutos. Lima recebeu na entrada da área e arriscou. A bola foi para fora, sem muito perigo.

Aos 36, Bruno Henrique ganhou de Calegari, alteração de Diniz, e foi derrubado na área. Pênalti. O Flu quis falta do atacante no lance. Contudo, o pênalti foi confirmado. Pedro, aos 40, cobrou e fez 1 a 0.

Dois minutos depois, Lima acertou solada em Ayrton Lucas, recebeu o segundo amarelo e foi expulso. Fernando Diniz, por reclamação, também levou vermelho. O Flamengo levou a melhor no clássico e aumentou a crise do rival.

Fonte: Gazeta Esportiva

Fale com a Redação