22.8 C
Campo Grande
domingo, 21 de julho, 2024
spot_img

Fomento a agricultura familiar tem transporte e logística para produtores rurais da Capital

Mais de 150 toneladas de calcário foram transportadas neste ano de 2024 através do subprograma Adubando Oportunidades. A iniciativa objetiva proporcionar a correção da acidez do solo e o aumento da produtividade das culturas através do transporte de insumos para as famílias produtoras. O número expressivo da carga transportada demonstra o compromisso da Prefeitura de Campo Grande em apoiar o desenvolvimento sustentável e a competitividade do setor agrícola local.

Beneficiado pela iniciativa, o produtor rural Valdeci Pedro Feltrim afirma que a ação é importante tanto pela rapidez do transporte, quanto pela redução significativa dos custos. “A economia permite a distribuição imediata do calcário que, também pode ser feita escalonada com outros pequenos produtores. Essa economia se transforma em melhorias das cercas; mais tempo de irrigação; mais suplemento para os animais e muitas outras necessidades que temos no campo”, diz.

Para se ter uma ideia da economia gerada, hoje o custo de um transporte de calcário, que vem de Miranda – cidade que está a 182 quilômetros de Campo Grande – custa cerca de R$ 2.500 por frete. Os produtores inscritos no Cadastro Rural da Prefeitura podem ter acesso ao transporte e logística custeando apenas o diesel, cerca de R$ 700. Uma economia de R$ 1.800 por frete.

Valdeci investiu na produção do Sítio Veredas – localizado na MS 049-km 15. As melhorias foram desde cerca e irrigação a suplemento para os animais. Já que além da plantação de goiaba, limão, abacaxi, coco, manga Palmer e abóbora, ele também atua na recria e terminação de novilhas no sistema rotacionado semi-intensivo.

Fomento a agricultura familiar tem transporte e logística para produtores rurais da Capital

Adubo grátis

O programa Adubando Oportunidades também fornece de forma totalmente gratuita adubo e composto orgânico, complementando as necessidades dos agricultores com a promoção de solos mais férteis. Espera-se com isso, um aumento na produção agrícola, o que pode resultar em preços mais acessíveis para os consumidores e maior competitividade dos produtos locais no mercado.

“O objetivo do ‘Adubando Oportunidades’ é criar condições para que os produtores possam aumentar sua produção tendo apoio real e políticas públicas que fortaleçam o pequeno. A Prefeitura segue empenhada em continuar expandindo esse suporte para os produtores rurais”, comentou a prefeita Adriane.

Para mais informações sobre o programa Adubando Oportunidades e como se inscrever no Cadastro Municipal de Produtor Rural e Urbano ligue 4042-0497, Ramal 2430.

Produção

De acordo com dados do PAM 2022 (Produção Agrícola Municipal) divulgados pelo IBGE em setembro do ano passado, de 2021 para 2022, a área plantada no município aumentou em 2,45%, enquanto o valor da produção teve alta nominal de 9,06%. Campo Grande registrou um faturamento bruto da produção agrícola de R$ 1,231 bilhão.

Fomento a agricultura familiar tem transporte e logística para produtores rurais da Capital

Este valor foi resultado de uma produção de 738.379 toneladas de produtos colhidos em uma área plantada de 161.064 hectares. A combinação única entre o valor bruto da produção, a produção colhida e a área plantada colocam Campo Grande no topo do ranking das capitais brasileiras em termos de rentabilidade na produção agropecuária.

Entre os municípios de Mato Grosso do Sul, Campo Grande possui o 15º maior valor de produção de lavouras temporárias, conforme o estudo divulgado pelo IBGE.

Fale com a Redação