Não haverá cobrança de juros ou multa por atraso de pagamento sobre as parcelas suspensas do financiamento

25/05/2020 07h15
Por: R7

O governo federal publicou nesta segunda-feira (25) a resolução que permite a suspensão de parcelas do Fies (Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior) durante estado de calamidade pública provocada pela pandemia de coronavírus.

O texto, publicado no DOU (Diário Oficial da União), permite suspensão de duas parcelas para contratos em fase de utilização ou carência e quatro parcelas para aqueles em fase de amortização. Não haverá cobrança de juros ou multa por atraso de pagamento sobre as parcelas suspensas.

O estudante que quiser pedir a suspensão deve entrar em contato com o agente financeiro que administra o seu Fies até o dia 31 de dezembro deste ano.

Estudante pode suspender de duas a quatro parcelas
Marcello Casal Jr/ Agência Brasil

Comentários