O caso aconteceu na aldeia indígena Sassoró, em Tacuru . (Foto: Renan Santos/ Reprodução)

Caso aconteceu em uma aldeia indígena no interior do estado

Uma idosa de 103 anos foi agredida pelo genro de 91 no domingo (16) na Aldeia Sassoró em Tacuru, localizado a 422 Km de Campo Grande. A mulher morreu em decorrência da agressão e o homem foi preso em flagrante nas imediações do local do crime.

A filha relata que retornou para casa por volta da meia-noite e encontrou a mãe aparentemente dormindo. No outro dia deixou o café da manhã no quarto, mas começou a estranhar a demora da vítima em acordar.

Preocupada ela chamou a idosa que não respondia, momento em que avistou várias escoriações e hematomas na mãe, percebendo que ela estava morta, correu e acionou o cacique.

Após a constatação do ocorrido o chefe da aldeia junto aos vizinhos passaram a questionar os demais moradores sobre o que poderia ter acontecido, quando se depararam com o genro da vítima com sangue espalhado pela roupa, unhas e cotovelos.

Todo arranhado, o que demostra que a idosa teria reagido na tentativa se defender, ele foi contido pela liderança da aldeia com a ajuda dos vizinhos até a chegada da Polícia Civil de Tacuru.

O caso foi registrado como feminicídio qualificado já que a mulher possuía mais de 60 anos.

Comentários