O advogado Elzo Garcete, 37 anos, foi executado na tarde desta segunda-feira, em Ponta Porã. De acordo com as primeiras informações, o crime ocorreu na Rua Codornas, no Jardim Vista Alegre.

Testemunhas relataram que um indivíduo chegou em um veículo Corsa de cor branca e efetuou os disparos, fugindo em seguida.

A vítima morreu no local. A Polícia militar está no local aguardando a chegada da Polícia Civil e Perícia Técnica.

A Ordem dos Advogados Brasileiros em Mato Grosso do Sul (OAB-MS) lamentou a morte do profissional do Direito e pediu investigações firmes sobre o assassinato. Diz a nota na íntegra:

“A Ordem dos Advogados do Brasil, Seccional Mato Grosso do Sul (OAB/MS), vem a público lamentar profundamente o assassinato do Advogado Elzo Renato Teles Garcete, ocorrido nesta segunda-feira (1°), em Ponta Porã-MS, por volta das 17 horas. A Diretoria da 5ª Subseção está em permanente contato com as autoridades locais acompanhando as diligências iniciais. O Presidente da OAB/MS Mansour Elias Karmouche ressalta que a Seccional também acompanhará de perto as investigações e exigirá das autoridades públicas a imediata solução do caso e que os autores dessa barbárie sejam punidos na forma e rigores da lei”.

*atualizado às 18h24

Comentários