23.8 C
Campo Grande
segunda-feira, 17 de junho, 2024
spot_img

Homem é preso acusado de estuprar a própria irmã na frente dos sobrinhos autistas

Mais uma violência contra a mulher em Mato Grosso do Sul, que é e continua sendo um dos primeiros Estados do Brasil, com maior registros de casos. E desta vez houve dois agravante na situação acolhida pela PC-MS (Polícia Civil de MS), na última quarta-feira (22), onde um homem teria estuprado a própria irmã na frente dos sobrinhos, filhos dela, que ainda são autistas.

A ocorrência foi registrada na Delegacia de Anastácio, que até conseguiu prendeu o homem, de 30 anos, acusado de estuprar a própria irmã, uma mulher, de 34 anos. “O crime teria ocorrido na casa da vítima e na presença dos filhos dela, um menino de oito anos e uma menina de seis anos, ambos com transtorno do espectro autista”, aponta as informações policiais.

O crime já teria ocorrido na terça-feira (21), e após tomar conhecimento do fato, a Polícia Civil solicitou a prisão preventiva do autor, em razão da gravidade do crime. O pedido de prisão foi apreciado e deferido, pela Justiça, na manhã de quarta-feira, sendo cumprido pelos policiais civis.

A vitima não teria exatamente denunciado o agressor. Ela com dores por todo o corpo, procurou atendimento médico no posto de saúde. No local foi acionado o CRAM (Centro de Referência de Atendimento à Mulher) e, posteriormente, a Polícia Civil.

Saiu e voltou

Conforme apurado, a vítima sofreu inúmeros abusos de cunho sexual, tendo sido agredida com tapas no rosto e imobilizada para que ato pudesse ser consumado.

Conforme acusações para o homem, após a prática criminosa, ele saiu da casa, mas momento depois voltou. Informações apontam que ele batia na porta tentando entrar, efetuava ligações telefônicas para a vítima, que não o atendia.

Fale com a Redação