Caso foi registrado na Deam. (Foto/Divulgação)

A Deam (Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher) prendeu o homem que arrancou parte do osso crianiano da própria esposa durante um desentendimento na madrugada do último sábado (21), em Campo Grande. De acordo com as informações, o sujeito foi detido na manhã desta quinta-feira (26), após ficar escondido desde a ocorrência dos fatos.

Veja o momento da prisão do agressor:

No dia do crime, a vítma, de 26 anos, foi socorrida e levada para a Santa Casa por uma amiga com ferimentos na cabeça, braço, coxa e joelho esquerdo. Durante o atendimento, ela chegou a mentir dizendo que havia sido vítima de uma tentativa de assalto.

No entanto, devido à gravidade dos ferimentos, os médicos desconfiaram da versão e chamaram a polícia, que acabou confessando ter sido espancada pelo marido.

No depoimento, conforme o registro policial, a vítima disse que começou a apanhar quando estava no quintal de casa e pediu a separação, que não foi aceita pelo agressor. O homem então pegou um facão e disse que “se não for minha, não será de mais ninguém”.

Ainda de acordo com depoimento da vítima, pelo menos há 3 meses vinha tentando se separar do marido, mas permanecia junto dele por medo de perder a guarda das filhas, de 2, 4 e 9 anos.

Ela recebeu alta médica no dia 21, por volta das 19h. A polícai vinha procurando pelo agressor desde então. De acordo com a DEAM, ele foi capturado em uma kitnet na mesma região em que morava com a ex-esposa.

Ao ver os policiais chegando no imóvel, ele tentou se esconder debaixo da cama, mas foi visto e preso. O caso ainda está sendo investigado e ele deve prestar depoimento e depois passar por audiência de custódia que definirá a sua situação judicial.

Comentários