Vereador Professor Riverton com ministra Tereza Cristina (Foto: assessoria)

Em um momento onde a economia, assim como vários segmentos enfrentam os impactos da crise causada pela pandemia de Covid-19, mais uma vez, o campo mostra sua relevância.

Para destacar as ações e a importância da agricultura familiar para a economia, o vereador Professor Riverton (DEM), realiza neste sábado (27), às 18h de MS, live com a ministra da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina. O Bate-Papo com Gigantes tem o objetivo de apresentar a relevância do setor para o Brasil e, em especial para Mato Grosso do Sul.

“Nosso Estado tem no agronegócio um dos principais pilares de sua economia. Contudo, não apenas as grandes safras de grãos e a pecuária são fortes. Temos uma agricultura familiar desenvolvida e que pode crescer ainda mais. Por isso, convidei nossa ministra Tereza Cristina para debater este tema, em especial em um momento onde todos os setores merecem atenção”, avalia o vereador.

De acordo com dados do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, o Censo Agropecuário mais recente foi realizado pelo IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) em 2017 e nesta época, cerca de 77% das mais de 5 milhões de propriedades rurais do Brasil, tinham dedicação à agricultura familiar. Em extensão rural, este número representa 23% da área total de estabelecimentos agropecuários do País.

Os números se tornam ainda mais relevantes, quando o levantamento revela que, a participação dos agricultores familiares na produção dos alimentos que chegam à mesa do brasileiro é grande. Nas culturas permanentes, por exemplo, como café e banana, o segmento corresponde a 48% da produção. Nas culturas temporárias, como da mandioca, este produtor é responsável por pelo menos 80% do cultivo.

A geração de empregos também é significativa. O Censo Agropecuário aponta que, em setembro de 2017, pelo menos 10 milhões de brasileiros eram empregados no setor, o equivalente a 67% do total de empregados atuantes no campo.

De acordo com a Lei 11.326, de 24 de julho de 2006, que define diretrizes para formulação da Política Nacional da Agricultura Familiar, é considerado agricultor familiar e empreendedor familiar rural aquele que pratica atividades no meio rural, mão de obra da própria família, renda familiar vinculada ao próprio estabelecimento e gerenciamento do estabelecimento ou empreendimento pela própria família.

A live do vereador Professor Riverton e a ministra Tereza Cristina acontece às 18h no horário de MS pelo Facebook/ProfessorRiverton

Comentários