19.8 C
Campo Grande
quarta-feira, 24 de abril, 2024
spot_img

Indústria de MS abre 1,3 mil novas vagas de emprego em fevereiro somando alta de 2,24% entre dois meses deste ano

O mês de fevereiro, pelo conjunto da atividade industrial, teve a abertura de 1.342 postos formais de trabalho em Mato Grosso do Sul. Os dados fazem parte do levantamento do Radar Industrial da Fiems (Federação das Indústrias de MS). Este patamar é resultado de 9.309 contratações e 7.967 demissões. Entre os dois primeiros meses do ano já se soma um aumento de 2,24%, com relação ao total de empregados até o fim de 2023. Veja abaixo, que em MS foram 13 municípios que mais empregaram.

O Radar também aponta a soma do acumulado de janeiro a fevereiro de 2024, onde foram 3.485 vagas abertas pela indústria, resultante de 18.581 contratações e 15.096 demissões, alcançando uma participação de 33% do total de vagas abertas no Estado no período indicado. MS encerrou fevereiro de 2024 com o total de 159.311 trabalhadores empregados ante quase 156 mil até dezembro de 2023.

Segundo o economista-chefe da Fiems, Ezequiel Resende, as atividades industriais que mais abriram vagas no mês de fevereiro foram: construção de edifícios (+297), fabricação de álcool (+224), serviços especializados para construção (+122), construção de rodovias (+103), fabricação de açúcar (+98), montagem de estruturas metálicas (+73), extração de minério de ferro (+48) e obras de montagem industrial (+48).

Já as atividades industriais que mais abriram vagas no acumulado de janeiro a fevereiro foram: construção de edifícios (+593), obras de montagem industrial (+429), fabricação de álcool (+232), instalação e manutenção elétrica (+195), construção de rodovias (+164), fabricação de açúcar (+124), abate de bovinos (+118), serviços especializados de construção (+114), extração de minério de ferro (+112), obras de alvenaria (+110), montagem de estruturas metálicas (+98), construção de redes de água e coleta de esgoto (+74) e abate de aves (+72).

Alta do emprego

Ainda conforme Ezequiel Resende, o conjunto das atividades industriais em Mato Grosso do Sul encerrou fevereiro de 2024 com o total de 159.311 trabalhadores empregados. “Indicando, até aqui, um aumento de 2,24% em relação ao fechamento do ano anterior, quando o contingente ficou em 155.826 funcionários”, afirmou.

Com isso, a atividade industrial responde por 24% de todo o emprego com carteira assinada (CLT) existente em Mato Grosso do Sul, ficando atrás do segmento de Serviços que emprega 260.244 trabalhadores com participação equivalente a 39%.

Municípios que mais contrataram

Em relação aos municípios, constata-se que em 50 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a fevereiro de 2024, proporcionando a abertura de 3.726 vagas. 

Entre as cidades com saldo positivo destacam-se: Campo Grande (+1.072), Nova Andradina (+376), Ribas do Rio Pardo (+323), Três Lagoas (+269), Dourados (+246), Corumbá (+226), Angélica (+106), Paranaíba (+98), Aparecida do Taboado (+80), Sidrolândia (+71), Eldorado (+67), Rio Brilhante (+65) e Itaquiraí (+61).

Por outro lado, em outros 23 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, proporcionando o fechamento de 241 vagas. Entre as cidades com saldo negativo destacam-se: Chapadão do Sul (-41), Batayporã (-33), Rio Verde de Mato Grosso (-29) e Caarapó (-25).

Fale com a Redação