30.8 C
Campo Grande
sexta-feira, 19 de julho, 2024
spot_img

Indústria MS abriu 5.151 novas vagas de empregos em cinco meses de 2024

Apesar de termos entrado no sétimo mês do ano, dados divulgados nesta quinta-feira (4), sobre relações de trabalho na indústria de Mato Grosso do Sul, chegaram até o quinto mês do ano. O montante é positivo, sendo que o setor industrial de MS, abriu 5.151 novas vagas formais de emprego entre os cinco primeiros meses deste ano contabilizados números de janeiro a maio de 2024.

Veja abaixo, detalhes dos setores que mais empregaram, perfazendo ao menos 11 áreas, que mais contabilizaram contratações de janeiro a maio. A indústria das usinas de etanol ficaram em primeiro lugar. Já em relação aos municípios, constata-se que em 50 deles ante 79 de MS, as atividades industriais registraram saldo positivo

O conjunto da atividade industrial foi responsável no mês de maio, pela abertura de 532 postos formais de trabalho em Mato Grosso do Sul, resultado de 8.308 contratações e 7.776 demissões, conforme levantamento do Observatório da Indústria.

Assim, a soma do acumulado de janeiro a maio, são 5.151 vagas abertas pela indústria, resultante de 45.252 contratações e 40.101 demissões, alcançando uma participação de 26% do total de vagas abertas no estado no período indicado.

Vagas por áreas

De acordo com a pesquisa, as atividades industriais que mais abriram vagas no mês de maio foram:

  • Abate de bovinos (+265);
  • Tratamentos térmicos, acústicos ou de vibração (+119); 
  • Construção de edifícios (+93);
  • Fabricação de álcool (+80); 
  • Serviços especializados para construção (+73);
  • Obras de alvenaria (+68);
  • Abate de suínos (+62); 
  •  Fabricação de açúcar (+50).

Já as atividades industriais que mais abriram vagas no acumulado de janeiro a maio foram:

  • Fabricação de álcool (+969);
  • Abate de bovinos (+785);
  • Abate de aves (+309);
  • Construção de edifícios (+299);
  • Fabricação de açúcar (+243);
  • Obras de alvenaria (+227);
  • Extração de minério de ferro (+226);
  • Serviços especializados para construção (+212);
  • Construção de rodovias e ferrovias (+208);
  • Tratamentos térmicos, acústicos ou de vibração (+204);
  • Abate de suínos (+188).

Em relação aos municípios, constata-se que em 50 deles as atividades industriais registraram saldo positivo de contratação no período de janeiro a maio de 2024, proporcionando a abertura de 6.896 vagas. 

Entre as cidades com saldo positivo destacam-se: 

  • Campo Grande (+2.074);
  • Dourados (+597);
  • Nova Andradina (+529);
  • Corumbá (+370);
  • Três Lagoas (+367);
  • Aparecida do Taboado (+295);
  • Sidrolândia (+287); 
  • Paranaíba, (+232);
  • Itaquirai, (+182);
  • Naviraí (+172);
  • São Gabriel do Oeste (+141);
  • Ponta Porã (+136);
  • Fátima do Sul (+128);
  • Angélica (+126);
  • Nova Alvorada do Sul (+113);
  • Eldorado (+96).

Por outro lado, em outros 27 municípios as atividades industriais registraram saldo negativo, proporcionando o fechamento de 1.745 vagas. Entre as cidades com saldo negativo destacam-se: 

  • Ribas do Rio Pardo (-1.174);
  • Inocência (-140);
  • Chapadão do Sul (-96).
Fale com a Redação